Guerra na Ucrânia

Correspondente da rede americana Fox News é ferido na Ucrânia

Benjamin Hall, jornalista britânico, foi ferido por estilhaços enquanto apurava notícias nos arredores de Kiev

Jornalista Britânico, Benjamin HallJornalista Britânico, Benjamin Hall - Foto: Reprodução/ Fox News

Um correspondente da Fox News foi ferido e hospitalizado nesta segunda-feira (14) enquanto cobria a invasão russa da Ucrânia, informou a rede de televisão americana.

Benjamin Hall, um britânico que cobre o Departamento de Estado para a Fox News, foi ferido enquanto apurava notícias nos arredores de Kiev, disse o canal em um comunicado.

"Temos um nível mínimo de detalhes no momento, mas Ben está hospitalizado e nossas equipes em campo estão trabalhando para reunir informações adicionais", afirmou.

Irina Venediktova, a procuradora-geral da Ucrânia, disse em um post no Facebook que um jornalista britânico havia sofrido ferimentos de estilhaços nas duas pernas.

Ela não identificou o jornalista, mas publicou uma foto de um passe de imprensa do Congresso dos Estados Unidos pertencente a um repórter da Fox News.

Em um comunicado, a Associação de Correspondentes do Departamento de Estado disse estar "horrorizada ao saber que nosso colega correspondente Benjamin Hall foi ferido enquanto cobria a guerra na Ucrânia".

"Conhecemos Ben por seu calor humano, bom humor e extremo profissionalismo", declarou. "Desejamos a Ben uma rápida recuperação e pedimos o máximo de esforços para proteger os jornalistas que estão prestando um serviço inestimável por meio de sua cobertura na Ucrânia."

No domingo, um jornalista americano foi morto a tiros e outro foi ferido em Irpin, um subúrbio na linha de frente de Kiev onde ocorreram alguns dos combates mais ferozes desde que a Rússia invadiu o país.

O documentarista Brent Renaud, de 50 anos, estava trabalhando para a Time Studios em um projeto sobre questões globais de refugiados, segundo o veículo de comunicação.

A Federação Internacional de Jornalistas identificou o jornalista ferido como o fotógrafo americano Juan Arredondo.

Um ucraniano que estava no mesmo carro que os americanos também ficou ferido, de acordo com um socorrista no local.

Veja também

Número de casos de dengue grave mais do que dobra no País; saiba quais são os sinais de alarme
Dengue

Número de casos de dengue grave mais do que dobra no País; saiba quais são os sinais de alarme

Suspeito de destruir carro usado no assassinato de Marielle é preso
Marielle

Preso suspeito de destruir carro usado no assassinato de Marielle