Covas passa por exame para identificar tumor no trato digestivo

O prefeito de São Paulo deu entrada no Hospital Sírio-Libanês, no dia 23, para tratamento de uma infecção cutânea causada geralmente por bactéria. No dia 25, foi diagnosticado com trombose venosa das veias fibulares

Bruno CovasBruno Covas - Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, passou na noite desse domingo (27) por uma laparoscopia diagnóstica para identificar tumor detectado no trato digestivo em exame realizado no sábado (26).

Covas deu entrada no Hospital Sírio-Libanês, no dia 23, para tratamento de uma erisipela - infecção cutânea causada geralmente por bactéria -. No dia 25, foi diagnosticado com trombose venosa das veias fibulares. Outros exames apontaram para tromboembolismo pulmonar.

Leia também:
Exames apontam surgimento de tumor no trato digestivo de Bruno Covas
Bruno Covas assina concessão do Pacaembu por 35 anos
Pressionado por Doria, Covas decide exonerar secretário de Educação


De acordo com o boletim médico, os resultados dos exames anatomopatológicos demoram alguns dias. Na manhã desta segunda (28), o prefeito publicou boletim médico em uma rede social e disse não ter dúvidas de que vencerá o desafio. “Quero agradecer as centenas de mensagens que tenho recebido de inúmeras pessoas. Ajuda muito a atravessar a tempestade”.

O prefeito Bruno Covas está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo professor Dr. David Uip, pelo professor Dr. Roberto Kalil Filho, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Dr. Artur Katz e professor Dr. Raul Cutait.

Veja também

Pandemia, saúde mental e física são desafios para os idosos
Dia do idoso

Pandemia, saúde mental e física são desafios para os idosos

Mais de 998.000 mortos por covid-19 são registrados no mundo
Coronavírus

Mais de 998.000 mortos por covid-19 são registrados no mundo