Coronavírus

Covid-19: Brasil registra 8,4 mil novos casos e 66 mortes

Doses de vacina aplicadas superam 409 milhões; 96,7% se recuperaram

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Leia também

• Estados Unidos anuncia cúpula virtual mundial sobre Covid-19 em maio

• "Nenhuma política pública será interrompida", diz Queiroga sobre fim da emergência de Covid

• Índia critica informe da OMS sobre 4 milhões de mortes por Covid-19

• Infectologista Filipe Prohaska repercute o fim da emergência da Covid no Brasil

• Pernambuco registra seis mortes e 206 casos de Covid-19 nas últimas 24h

O Brasil registrou, desde o início da pandemia, 30.261.088 casos confirmados de covid-19, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje (18) pelo Ministério da Saúde. O número total de mortes pela doença é de 662.026.

Em 24 horas, foram registrados 8.470 casos. No mesmo período, foram confirmadas 66 mortes de vítimas do vírus.

Segundo o mesmo boletim, 29.262.483 pessoas (96,7%) se recuperaram da doença e 336.579 casos estão em acompanhamento.

Estados

São Paulo lidera o número de casos, com 5,34 milhões, seguido por Minas Gerais (3,34 milhões) e Paraná (2,43 milhões). O menor número de casos é registrado no Acre (124,4 mil). Em seguida, aparece Roraima (155,3 mil) e Amapá (160,3 mil).

Em relação às mortes, São Paulo tem o maior número de óbitos (167.854), seguido de Rio de Janeiro (73.146) e Minas Gerais (61.114). O menor número de mortes está no Acre (1.996), Amapá (2.128) e Roraima (2.147).

Vacinação

Até hoje, foram aplicadas 409,2 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, sendo 174,2 milhões com a primeira dose e 153,3 milhões com a segunda dose. A dose única foi aplicada em 4,8 milhões de pessoas. Outras 72,9 milhões já receberam a dose de reforço.

Veja também

Brasil registra 37 mortes por covid-19 em 24 horas
Boletim

Brasil registra 37 mortes por covid-19 em 24 horas

Queiroga anuncia ex-número dois de Onyx como novo secretário-executivo do Ministério da Saúde
Governo Federal

Queiroga anuncia ex-número dois de Onyx como novo secretário-executivo do Ministério da Saúde