Covid-19: estudo em Fernando de Noronha identifica dois assintomáticos

Homem de 50 anos e mulher de 56 testaram positivo após participarem de coleta para monitoramento da circulação do vírus na ilha

Fernando de NoronhaFernando de Noronha - Foto: Fabio Nóbrega/Portal FolhaPE

Os primeiros resultados do estudo epidemiológico que está sendo realizado no arquipélago de Fernando de Noronha identificaram dois casos positivos da Covid-19. Os pacientes são uma mulher de 56 anos e um homem de 50. Ambos estão assintomáticos e encontram-se em isolamento domiciliar, cumprindo quarentena. Outras 18 pessoas que tiveram contato com esses pacientes confirmados também estão isoladas e passarão por testes.

No dia 9 de maio, após descartar quatro testes suspeitos, a administração da ilha anunciou que havia zerado os casos. Até então, 28 pessoas haviam testado positivo para a Covid-19 na ilha, sendo 17 homens e 11 mulheres. Desses casos, apenas um precisou ser transferido para o Recife, por apresentar maior gravidade. Todos esses pacientes se recuperaram e a ilha não registra óbitos. Os moradores ficaram mais de 20 dias em lockdown, com restrições rígidas de circulação.

Durante o mês passado, surgiram alguns casos suspeitos, mas todos tiveram resultado negativos para o Sars-CoV-2. Os dois novos casos foram identificados após o início do protocolo de testagem que está sendo realizado na ilha, que participa de um estudo epidemiológico. Após o diagnóstico positivo dos dois pacientes, uma equipe de vigilância foi até a residência deles comunicar o resultado e fazer uma investigação dos contactantes para que esses também sejam submetidos a exames.

Na primeira etapa da pesquisa, 455 amostras de voluntários foram coletadas e enviadas ao Recife para diagnóstico. No total, cerca de 900 moradores serão pesquisados nesse estudo: homens, mulheres e crianças, escolhidos de forma aleatória. Os que aceitam ser voluntários respondem a um questionário com dados socioeconômicos, clínicos e hábitos de prevenção à Covid-19 e serão submetidos a exames por um período de um ano, durante o qual terão acompanhamento da equipe responsável pela pesquisa.

Leia também:
Praias de Fernando de Noronha são liberadas para moradores da ilha

O estudo fornecerá evidências para orientar ações de vigilância e controle da doença e também irá apoiar a tomada de decisão da Administração na retomada das atividades sociais e econômicas na ilha. Nesta quinta (4), uma nova rodada de coletas será realizada, segundo o administrador da ilha, Guilherme Rocha, que pediu, em entrevista à rádio local, que a população siga vigilante em relação às medidas de prevenção à Covid-19. 

"Esse vírus é traiçoeiro, ele não avisa e não escolhe onde vai estar. O pior já passou, mas devemos continuar vigilantes", disse ele, afirmando que a descoberta dos dois novos casos era algo esperado e não deve ser motivo para desespero.  

Praias
O acesso às praias de Fernando de Noronha está liberado desde o último dia 25 de maio. Porém, é necessário seguir algumas regras para prevenção da doença. São permitidas atividades físicas e náuticas individuais e a prática de esportes com grupos de no máximo quatro pessoas, sem contato físico. Ainda estão proibidas aglomerações com mais de cinco pessoas, respeitando o distanciamento físico de dois metros entre elas, a realização de atividades de comércio, a venda ou consumo de bebidas alcoólicas e a utilização de guarda-sóis e toldos, etc.

Vigilância em Saúde
Para garantir o controle da circulação do vírus na ilha, é necessário que a população esteja atenta. Ao sentir qualquer sintoma de um quadro gripal, o morador deverá comunicar à Vigilância de Saúde da ilha, relatar o quadro e seguir as orientações recebidas. A equipe de saúde deve ser contactada pelos números: 3619-0956 / 99488-4366

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Grande parte dos índios não sabe o que é dinheiro, diz Bolsonaro
Política

Grande parte dos índios não sabe o que é dinheiro, diz Bolsonaro

Fies 2021.2: estudantes já podem conferir se foram pré-selecionados
Educa Mais

Fies 2021.2: estudantes já podem conferir se foram pré-selecionados