pandemia

Covid-19:Prefeitura de Salvador cancela Réveillon; Carnaval está sob ameaça

Salvador, na BahiaSalvador, na Bahia - Foto: Márcio Filho/MTUR

O cancelamento da festa do Réveillon foi anunciada pelo prefeito da cidade, Bruno Reis, em conversa com jornalistas na manhã desta segunda-feira (29). Reis já havia dito que deixaria a decisão para o último momento. A motivação por trás do cancelamento do evento está nas incertezas em relação a pandemia.

A decisão em relação ao Carnaval só será tomada depois de uma audiência com o governador, informou o prefeito.

"O governador disse que me procuraria, e eu disse que procuraria ele, e eu já fiz isso. Eu espero ter oportunidade para gente conversar tomar a decisão em conjunto, que será tomada com toda cautela e segurança, diante de tudo que está acontecendo" disse o prefeito na coletiva.

Em agosto, a prefeitura de Salvador anunciou que a festa de Réveillon, que costuma durar de cinco a seis dias, já estava com sua grade de programação pronta.

"Sobre o carnaval, estamos empurrando ao máximo para tomar essa decisão, porque ela não depende apenas da prefeitura A decisão será tomada com segurança e cautela e, assim que for possível ser tomada, diante de tudo o que está acontecendo, será divulgada".

Veja também

De homem ativo a um corpo "em estado caquético": quem era "Tio Paulo", levado para banco
Rio de Janeiro

De homem ativo a um corpo "em estado caquético": quem era "Tio Paulo", levado para banco

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe
dengue

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe

Newsletter