Covid-19: Recife obtém liminar favorável à entrega de respiradores

Um entrave ocorreu quando a empresa contratada pediu a revisão de valores dos equipamentos

Respiradores mecânicos são fundamentais na luta contra o coronavírusRespiradores mecânicos são fundamentais na luta contra o coronavírus - Foto: Divulgação

Após um entrave na entrega de respiradores adquiridos pela Prefeitura do Recife para o combate ao novo coronavírus em Pernambuco, foi proferida decisão favorável à garantia de entrega de 36 respiradores adquiridos junto à empresa Lifemed Industrial de Equipamentos e Artigos Médicos S/A. Os equipamentos, essenciais para o suporte a pacientes graves acometidos pela Covid-19, haviam sido obtidos em março e seus prazos de entrega devem ser cumpridos em maio. A empresa fornecedora, entretanto, pedia revisão de preços alegando reequilíbrio econômico financeiro do contrato.

O pedido foi feito pela Procuradoria Geral do Município (PGM) nessa segunda (4), e a decisão foi proferida no mesmo dia pelo juiz Djalma Andrelino Nogueira Junior, da 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital, que determinou a garantia de entrega dos respiradores no prazo determinado na Ata de Registro de Preço da compra, ou seja, nos dias 13 e 18 deste mês. Caso descumpra a medida judicial, a Lifemed, empresa sediada em Maceió, capital de Alagoas, será multada em R$ 100 mil diários, e a medida também prevê a apreensão dos bens.

Leia também:
Cientistas criam anticorpos que bloqueiam ação do coronavírus em testes in vitro
Pernambuco repete recorde de óbitos por Covid-19 em 24h
Sétimo hospital de campanha é entregue no Recife com 107 leitos

O prefeito Geraldo Julio ressaltou a importância dos equipamentos para o combate contra a Covid-19. “Hoje chegamos ao número de 100 pessoas que já tiveram altas de UTIs instaladas em leitos construídos pela Prefeitura após a pandemia. Foram 100 pessoas que voltaram pra casa e estão com suas famílias e que foram salvas pelo atendimento hospitalar”, pontua.

Para o procurador geral do Município, Rafael Figueiredo, a vitória reflete o bom senso e espírito de cooperação do Judiciário. “A decisão é crucial neste momento, pois estamos trabalhando desde 28 de janeiro, quando foi criado o comitê de Resposta Rápida ao Novo Coronavírus e, desde então, a Procuradoria está alerta para garantir a efetividade dos leitos de UTI já criados. Esses respiradores vêm somar pra salvar vidas na nossa cidade”, destacou Figueiredo. 

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Coronavírus provavelmente já estava nos EUA desde dezembro de 2019, diz estudo
Pesquisa

Coronavírus provavelmente já estava nos EUA desde dezembro de 2019, diz estudo

Jaboatão abre agendamento para vacinação contra a Covid-19 do público a partir de 45 anos
Vacina

Jaboatão abre agendamento para vacinação contra a Covid-19 do público a partir de 45 anos