Covid-19: São Paulo tem sete mortes por hora

Estado soma um total de 17.826 pessoas infectadas pelo novo coronavírus, com 1.512 óbitos

Coveiros preparam covas em cemitério de Vila Formosa, em São PauloCoveiros preparam covas em cemitério de Vila Formosa, em São Paulo - Foto: NELSON ALMEIDA / AFP

O crescimento de casos confirmados e mortes causadas pela Covid-19 no estado de São Paulo vem acelerando. Segundo boletim divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde, nesta sexta-feira (24), São Paulo confirmou até o momento 17.826 casos da doença e 1.512 óbitos. Em 24 horas, houve 167 novos óbitos, o equivalente a sete por hora.

Em um dia, 13 cidades paulistas passaram a ter ao menos um infectado, totalizando 269 municípios atingidos pela doença. Há mortes em 124 cidades. Entre as vítimas, estão 890 homens e 622 mulheres.

As mortes continuam concentradas em pacientes com 60 anos ou mais (75,8%), com prevalência na faixa etária entre 70 e 79 anos. No ranking dos principais fatores de risco associados à mortalidade estão cardiopatia (59,9%), diabetes (42,7%) e doenças do pulmão (13,2%).

Enquanto os registros da doença aumentam, o índice de isolamento social diminui na região metropolitana de São Paulo. Nesta quinta-feira (23), a taxa ficou em 48%. O coordenador do Centro de Contingência de Coronavírus, David Uip, afirmou ter ficado preocupado com a quantidade de jovens aglomerados que presenciou em vários postos de combustíveis da capital. "Não pode haver relaxamento sem distanciamento social", ressaltou.

Leia também:
Governador João Doria recomenda o uso de máscara em São Paulo
São Paulo zera fila de exames para coronavírus
Brasil passa de 50 mil casos da Covid-19 e tem 3.600 mortos


O governador João Doria (PSDB) disse nesta quinta (23) que, se o índice de isolamento não chegar a pelo menos 50%, vai rever a decisão de flexibilizar a quarentena na região metropolitana de SP, incluindo a capital paulista, a partir de 10 de maio.

O estado de São Paulo tem hoje cerca de 6.400 pessoas internadas por Covid-19 ou com suspeita da doença em hospitais públicos, sendo 2.477 em UTIs e 3.976 em enfermarias. A taxa de ocupação dos leitos para atendimentos de Covid-19 em UTI no estado está em 57,7% – houve aumento superior a dois pontos percentuais nas últimas 24 horas. O aumento é de quase três pontos na Grande SP, onde a taxa é hoje de 76,9%.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Nova companhia aérea começa a operar em Pernambuco
ITA

Nova companhia aérea começa a operar em Pernambuco

EUA não pretende decretar novos confinamentos, afirma Anthony Fauci
Pandemia

EUA não pretende decretar novos confinamentos, afirma Anthony Fauci