Série B

Credenciais e fraquezas dos postulantes ao acesso na Série B

A Folha de Pernambuco fez uma análise dos concorrentes com motivos para confiar e desconfiar do acesso, além da probabilidade que cada time tem de estar na Série A na próxima temporada.

Filme de comédia se passa no SertãoFilme de comédia se passa no Sertão - Foto: Reprodução

Desde que passou a ser disputada por 20 clubes e em pontos corridos, em 2006, a Série B do Campeonato Brasileiro nunca foi tão concorrida como nesta temporada na briga pelo acesso. Com a exceção de Vas­co e Atlético/GO, que dispararam na ponta da tabela, oito equipes estão firmes na luta pelas outras duas vagas no G4 e com pelo menos 10% de probabilidade de alcançar o objetivo, de acordo com Departamento de Matemática da UFMG.

Brasil de Pelotas, Bahia, Criciúma, CRB e Ceará estão empatados com 40 pontos na cola de Avaí e Londrina. E o Náutico, no 10° lugar com 39, pode chegar até a 3ª posição em caso de vitória sobre o Vasco, sábado, na Arena de Pernambuco, e com uma bondosa combinação de resultados. Para acirrar ainda mais a competição, até o final da Série B os confrontos diretos serão determinantes para a caminhada de ascensão.

Todos esses aspectos apontam para o maior equilíbrio da história da competição faltando apenas 11 rodadas. Diante desse contexto, a Folha de Pernambuco fez uma análise dos concorrentes com motivos para confiar e desconfiar do acesso, além da probabilidade que cada time tem de estar na Série A na próxima temporada.

Veja também

Apesar de pressão, sindicatos de professores não conseguem impedir reabertura de escolas no País
Educação

Apesar de pressão, sindicatos de professores não conseguem impedir reabertura de escolas no País

Letalidade da Covid-19 no Brasil está em torno de 3%
Coronavírus

Com quase 137 mil mortos pela Covid-19, Brasil tem taxa de letalidade em torno de 3%