Cresce em Pernambuco procura por vacinas contra o sarampo

A Secretária Estadual de Saúde do Estado confirmou que há estoque suficiente da vacina nos postos de saúde

Há estoque suficiente nos postos de saúde de Pernambuco. Há estoque suficiente nos postos de saúde de Pernambuco.  - Foto: Vinícius Lucena/ Portal FolhaPE

Após a recomendação do Ministério da Saúde de que bebês de 6 a 11 meses e 29 dias tomem a vacina contra o sarampo, a procura pela imunização nos postos de saúde da Região Metropolitana do Recife aumentou. A orientação do Ministério, anunciada como uma tentativa de combater o surto de sarampo no País, é justificada pelo fato de bebês de até um ano serem mais suscetíveis a contrair a doença.

Em entrevista ao Portal FolhaPE, a superintendente de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco, Ana Catarina de Melo, confirmou que há estoque suficiente da vacina nos postos de saúde: “A tríplice viral tem abastecimento regular, não aconteceu nenhuma descontinuidade no fornecimento, tanto para o Estado quanto para os municípios”.

Leia também:
Saúde abre consulta pública para definir serviços da atenção primária
Após diagnósticos de sarampo, Pernambuco entra em estado de alerta


Após tomar conhecimento do surto da doença através de grupos no WhatsApp, Natália Cardoso, 33, foi, na manhã desta quarta-feira (21), à Upinha do Alto do Pascoal, na Zona Norte do Recife, onde o estoque está abastecido. A cozinheira, que levou o sobrinho de 8 anos, disse estar preocupada com a situação: “Trouxe a criança com o cartão de vacinação para ver se estava tudo em dia e se ela precisava tomar. Aproveito pra tomar também se for necessário”.

De acordo com funcionários da Unidade de Saúde do Alto do Pascoal, o estoque da unidade tem sido suficiente e não há problemas de abastecimento da tríplice viral, que protege contra o sarampo, rubéola e caxumba. Os funcionários devem receber orientações para atender às novas recomendações do Ministério da Saúde.

Na Unidade de Saúde Familiar (USF) da Vila Popular, em Olinda, funcionários relatam que a procura também aumentou consideravelmente. A USF segue o calendário nacional de vacinação e, a partir desta quinta-feira (22), os profissionais devem acompanhar as novas orientações.

Em Pernambuco, foram confirmados cinco casos de sarampo. Quatro diagnósticos, confirmados pela Fiocruz Rio de Janeiro, são de três pessoas que viajaram em excursão para Porto Seguro, na Bahia, e um paciente que manteve contato com o grupo. O último caso foi de um adolescente de 18 anos na cidade de Taquaritinga do Norte, no Agreste. Ainda está sendo investigada a morte de um bebê de 7 meses também em Taquaritinga do Norte.

De acordo com o Ministério, em 2019, foram diagnosticados 1.845 casos de sarampo no País. Os índices indicam uma tendência de redução nos casos: foram 1.008 em julho, ante 197 até 18 de agosto. Em outubro, deve ser realizada uma campanha nacional de vacinação.

Veja também

Covid-19: apesar de alta de casos, número de óbitos continua em queda
Coronavírus

Covid-19: apesar de alta de casos, número de óbitos continua em queda

Prefeito de Florianópolis é acusado de estupro; candidato à reeleição diz que foi 'consensual'
Gean Loureiuro

Prefeito de Florianópolis é acusado de estupro; candidato à reeleição diz que foi 'consensual'