Criança de nove meses e mãe são baleadas em Camaragibe

Mulher e criança estavam em um carro. O tiro teria sido disparado após desobedecerem a uma ordem de parada de um suposto policial

Hospital da Restauração. Hospital da Restauração.  - Foto: Henrique Genecy/Folha de Pernambuco

Uma mulher e uma criança de nove meses foram baleadas, nesta segunda-feira (10), após desobedecerem a uma ordem de parar de um suposto policial à paisana, em Camaragibe. A mulher e o filho estavam em um carro com o pai da criança. A mãe e a criança foram encaminhadas para o Hospital da Restauração, no Recife, e permanecem internadas. 

Natanael Silveira do Nascimento, marido e pai das vítimas, confessou que faz parte de uma quadrilha que rouba carros e que estava dirigindo um carro roubado e portando uma arma que era de um policial civil.

Ainda não foi confirmada a origem da bala nem a identificação de policial do homem que solicitou a parada. Ainda não se sabe o estado de saúde das vítimas.

Outras informações em instantes.

Leia também:
Grupo é feito refém e torturado por criminosos em praia de Igarassu
Polícia prende assaltantes após roubo de carro na praia dos Carneiros

Veja também

Twitter suspende conta de congressista de extrema direita nos EUA
Política norte-americana

Twitter suspende conta de congressista de extrema direita nos EUA

Alimentação e atividades físicas alinhadas em todas as estações do ano
Saúde e Bem-Estar

Alimentação e atividades físicas alinhadas em todas as estações do ano