Notícias

Criança de nove meses e mãe são baleadas em Camaragibe

Mulher e criança estavam em um carro. O tiro teria sido disparado após desobedecerem a uma ordem de parada de um suposto policial

Hospital da Restauração. Hospital da Restauração.  - Foto: Henrique Genecy/Folha de Pernambuco

Uma mulher e uma criança de nove meses foram baleadas, nesta segunda-feira (10), após desobedecerem a uma ordem de parar de um suposto policial à paisana, em Camaragibe. A mulher e o filho estavam em um carro com o pai da criança. A mãe e a criança foram encaminhadas para o Hospital da Restauração, no Recife, e permanecem internadas. 

Natanael Silveira do Nascimento, marido e pai das vítimas, confessou que faz parte de uma quadrilha que rouba carros e que estava dirigindo um carro roubado e portando uma arma que era de um policial civil.

Ainda não foi confirmada a origem da bala nem a identificação de policial do homem que solicitou a parada. Ainda não se sabe o estado de saúde das vítimas.

Outras informações em instantes.

Leia também:
Grupo é feito refém e torturado por criminosos em praia de Igarassu
Polícia prende assaltantes após roubo de carro na praia dos Carneiros

Veja também

Ações estimulam a arrecadação de potes de vidro e doação de leite materno; saiba como fazer entrega
Recife

Ações estimulam a arrecadação de potes de vidro e doação de leite materno; saiba como fazer entrega

"A criação do SUS foi a maior revolução da medicina brasileira", diz Drauzio Varella
SAÚDE

"A criação do SUS foi a maior revolução da medicina brasileira", diz Drauzio Varella