Coronavírus

Crianças imunizadas contra Covid no Recife ganharão livro e cartão de vacina especial

Cidade prepara 'outras surpresas' para incentivar a vacinação dos pequenos

Caixas de vacina da Pfizer contra Covid-19 para criançasCaixas de vacina da Pfizer contra Covid-19 para crianças - Foto: Myke Sena/Ministério da Saúde

Enquanto se prepara para dar início à vacinação contra a Covid-19 de crianças de 5 a 11 anos, o Recife lança iniciativas especiais para o público infantil. 

Nesta sexta-feira (14), o prefeito João Campos anunciou que os pequenos imunizados na cidade ganharão um livro do programa de incentivo à leitura da cidade. “Além de outras surpresas, uma programação bem especial. Bora de vacina”, prometeu.

O primeiro lote com 55 mil doses da vacina da Pfizer para crianças veio um avião da Latam com origem no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, e pousou no Aeroporto do Recife por volta das 10h40 desta sexta, conforme programação confirmada à Folha de Pernambuco pelo Ministério da Saúde e pela Latam.

Além do livro, a prefeitura anunciou que a vacinação de crianças na capital pernambucana vai contar com um cartão especial e a entrega de um Certificado de Criança Super Vacinada. Todas as medidas buscam estimular a imunização do público infantil.

No certificado, o MC Gotinha, mascote da vacinação no Recife, ostenta uma capa de super-herói e o documento traz dizeres de incentivo em linguagem jovem, segundo a prefeitura. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Prefeitura do Recife (@prefeiturarecife)

Postos exclusivos
O Recife iniciará a vacinação contra a Covid-19 de crianças de 5 a 11 anos em dois postos exclusivos
, conforme recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Para atender o público pediátrico, serão usados a sede do Sest/Senat, na avenida Beberibe, em Porto da Madeira, e o campus da UFPE, na Cidade Universitária.

Nos dois centros exclusivos voltados para vacinação de crianças, o imunizante será aplicado de domingo a domingo, das 7h30 às 18h30. O agendamento deve ser feito pelo site ou aplicativo do Conecta Recife.

Segundo a Anvisa, a sala em que se dará a aplicação da vacina deve ser exclusiva para a aplicação do imunizante infantil e não deve ser aproveitada para a aplicação de outras vacinas, ainda que pediátricas. 

Há cerca de 159.558 crianças de 5 a 11 anos na capital pernambucana, segundo estimativa populacional do Ministério da Saúde baseada em dados do IBGE. Desse público, segundo última atualização da prefeitura, há 40.261 já cadastradas no Conecta Recife - desde agosto, a Prefeitura do Recife abriu a inscrição para o público de 2 a 11 anos. 

A prioridade neste primeiro momento de vacinação, conforme decisão pactuada pelo Governo do Estado e secretários de saúde municipais, será de crianças com doenças neurológicas crônicas e com distúrbios do desenvolvimento neurológico, com prioridade para Síndrome de Down e Autismo. 
 

Veja também

Derramamento de óleo atribuído à erupção no Pacífico atinge áreas de proteção no PeruDanos ambientais

Derramamento de óleo atribuído à erupção no Pacífico atinge áreas de proteção no Peru

Defesa divulga carta em que suspeito de matar Beatriz se diz inocente e pressionado a confessarCaso Beatriz

Defesa divulga carta em que suspeito de matar Beatriz se diz inocente e pressionado a confessar