Coronavírus

Crianças imunizadas contra Covid no Recife ganharão livro e cartão de vacina especial

Cidade prepara 'outras surpresas' para incentivar a vacinação dos pequenos

Caixas de vacina da Pfizer contra Covid-19 para criançasCaixas de vacina da Pfizer contra Covid-19 para crianças - Foto: Myke Sena/Ministério da Saúde

Enquanto se prepara para dar início à vacinação contra a Covid-19 de crianças de 5 a 11 anos, o Recife lança iniciativas especiais para o público infantil. 

Nesta sexta-feira (14), o prefeito João Campos anunciou que os pequenos imunizados na cidade ganharão um livro do programa de incentivo à leitura da cidade. “Além de outras surpresas, uma programação bem especial. Bora de vacina”, prometeu.

O primeiro lote com 55 mil doses da vacina da Pfizer para crianças veio um avião da Latam com origem no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, e pousou no Aeroporto do Recife por volta das 10h40 desta sexta, conforme programação confirmada à Folha de Pernambuco pelo Ministério da Saúde e pela Latam.

Além do livro, a prefeitura anunciou que a vacinação de crianças na capital pernambucana vai contar com um cartão especial e a entrega de um Certificado de Criança Super Vacinada. Todas as medidas buscam estimular a imunização do público infantil.

No certificado, o MC Gotinha, mascote da vacinação no Recife, ostenta uma capa de super-herói e o documento traz dizeres de incentivo em linguagem jovem, segundo a prefeitura. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Prefeitura do Recife (@prefeiturarecife)

Postos exclusivos
O Recife iniciará a vacinação contra a Covid-19 de crianças de 5 a 11 anos em dois postos exclusivos
, conforme recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Para atender o público pediátrico, serão usados a sede do Sest/Senat, na avenida Beberibe, em Porto da Madeira, e o campus da UFPE, na Cidade Universitária.

Nos dois centros exclusivos voltados para vacinação de crianças, o imunizante será aplicado de domingo a domingo, das 7h30 às 18h30. O agendamento deve ser feito pelo site ou aplicativo do Conecta Recife.

Segundo a Anvisa, a sala em que se dará a aplicação da vacina deve ser exclusiva para a aplicação do imunizante infantil e não deve ser aproveitada para a aplicação de outras vacinas, ainda que pediátricas. 

Há cerca de 159.558 crianças de 5 a 11 anos na capital pernambucana, segundo estimativa populacional do Ministério da Saúde baseada em dados do IBGE. Desse público, segundo última atualização da prefeitura, há 40.261 já cadastradas no Conecta Recife - desde agosto, a Prefeitura do Recife abriu a inscrição para o público de 2 a 11 anos. 

A prioridade neste primeiro momento de vacinação, conforme decisão pactuada pelo Governo do Estado e secretários de saúde municipais, será de crianças com doenças neurológicas crônicas e com distúrbios do desenvolvimento neurológico, com prioridade para Síndrome de Down e Autismo. 
 

Veja também

Marcha para Jesus reúne milhares no centro do Rio de Janeiro
Religião

Marcha para Jesus reúne milhares no centro do Rio de Janeiro

MEC altera prazo para confirmação de informações do Prouni
Educação

MEC altera prazo para confirmação de informações do Prouni