VIOLÊNCIA

Criminoso é flagrado dançando "passinho" após matar homem em Ipojuca

O crime aconteceu em 6 de novembro e a prisão na última sexta-feira (16)

Criminoso aparece dançando "passinho" ao lado do veículo, após a execução do homemCriminoso aparece dançando "passinho" ao lado do veículo, após a execução do homem - Foto: Reprodução

Um criminoso de 21 anos foi preso, na última sexta-feira (16), em Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Ele confessou à polícia ter participação em ao menos 30 homicídios e, em um deles, aparece em imagens de câmera de segurança dançando "passinho" após executar a vítima.

O crime aconteceu em 6 de novembro, conforme mostra o vídeo. Identificado como Mateus Guilherme Costa, ele chega em um carro em um armazém na cidade de Ipojuca. Mateus está acompanhando de outro homem, identificado como Wesley Félix dos Santos, e os dois estão armados.

Após descerem do carro, que permanece estacionado na via onde fica o armazém, os dois atiram na vítima, identificada como Pedro Felipe Gomes dos Santos

No vídeo, é possível ouvir o barulho de vários tiros. Mateus Guilherme corre e, antes de entrar no carro, faz a dança do "passinho" ao lado do veículo e atira para o alto. O comparsa chega logo depois e os dois abandonam o local, no carro. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Folha de Pernambuco (@folhape)

 

A prisão dos dois foi efetuada por policiais civis da Delegacia de Boa Viagem. Os dois são suspeiteos de tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, associação criminosa armada e recptação dolosa. 

A Polícia Civil destaca que os dois são apontados como "responsáveis por uma série de homicídios na região". Um dos mais chocantes, destaca a corporação, aconteceu em janeiro deste ano: o sequestro e assassinato de José Carlos Gomes de Souza, conhecido como "Carlos Doido", na Ilha de Deus, no bairro da Imbiribeira, na Zona Sul do Recife. A vítima foi encontrada com sinais de disparos de arma de fogo e várias lesões por arma branca, tendo sido decapitado em seguida. 

Em interrogatório, um dos presos confessou a autoria do homicídio de "Carlos Doido", alegando que ele havia estuprado uma menor de idade. Ele também confessou o assassinato em Ipojuca, que aparece no vídeo. 

"Além dos homicídios, as investigações revelaram que o tráfico de drogas e a associação criminosa armada para a prática de homicídios, roubos de veículos, entre outras atividades, compunham o repertório de crimes do grupo. Uma operação de inteligência meticulosa culminou na localização de um dos homens, no Curado, contra quem pesava um mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio, expedido pela 4ª Vara do Tribunal do Júri da Capital", disse a Polícia Civil.

No local, a polícia apreendeu uma pistola Taurus G2C, munições de diversos calibres, substâncias suspeitas de serem entorpecentes, balança de precisão, armas brancas, celulares, uma motocicleta Yamaha preta, além de outros itens relacionados às atividades criminosas.

Veja também

Polícia diz que ataque em igreja australiana foi ato terrorista
Mundo

Polícia diz que ataque em igreja australiana foi ato terrorista

Casal Biden publica declaração de renda, com receitas de US$ 620 mil
EUA

Casal Biden publica declaração de renda, com receitas de US$ 620 mil

Newsletter