A-A+

CTTU libera circulação de táxis de outros municípios no Recife

A medida vale a partir das 18h da próxima sexta-feira (07), até às 6h da Quarta-Feira de Cinzas

Taxista Djair MoreiraTaxista Djair Moreira - Foto: Paullo Allmeida/ Folha de Pernambuco

O Recife terá para o Carnaval a circulação livre de táxis de outros municípios. A Prefeitura do Recife, através da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), assinou o Convênio Táxi Metropolitano, que vai liberar táxis de dez cidades para livre circulação no Recife.

A medida vale a partir das 18h da próxima sexta-feira (7), até às 6h da Quarta-Feira de Cinzas (26). O principal objetivo é atender ao aumento da demanda de passageiros durante os festejos de momo. A frota vai aumentar em 50%.

Os municípios que farão parte da medida serão Olinda, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Paulista, Igarassu e Jaboatão do Guararapes, além de Itamaracá e Itapissuma. Estes dois últimos municípios integraram o convênio a partir deste ano.

Leia também:
Com 250 mil veículos a mais nas vias, CTTU orienta na volta às aulas
Prazo para recadastramento de táxis em Olinda termina nesta sexta
Olha! Recife embala passeios turísticos gratuitos no clima do Carnaval


Os 1.094 taxistas cadastrados no Recife também poderão circular no período de Carnaval nas cidades parceiras da medida. O taxista Djair Moreira, 78 anos, no entanto não aprovou a medida. “É uma desmoralização com os taxistas. É um tendência acabar com os taxistas”, disse. Moreira ainda falou que a concorrência é muito grande por causa dos motoristas de aplicativo.

Com mais de 50 anos de profissão, ele diz que só precisa dessa concorrência no dia do bloco do Galo da Madrugada, a demanda é grande. “Isso já se fazia há tempos. A novidade é de eles virem de lá pra cá e ficarem rodando aqui”, finalizou o motorista.

A medida agradou a Euclides Vicente, 67, ele tem 25 anos como taxista. “Melhorou para todo mundo, a gente pode tanto rodar aqui quanto rodar lá”, falou o taxista. No período carnavalesco, a movimentação é boa e segundo ele, a medida vai funcionar. “Flui dos dois lados, fica bom pra eles e para gente que roda na cidade”, falou.

A providência afeta também os passageiros. Rebeca Velozo, 21, usa frequentemente táxis para se locomover dentro da cidade do Recife no percurso de casa para o trabalho. Segundo ela, a medida vai ajudar economicamente os taxistas. “Ele vai poder levar um passageiro daqui do Recife para algumas dessas cidades e já vai poder voltar com outro”.

Veja também

Renan rebate críticas de Flávio e diz que não o 'afetam e nem a CPI'
RENAN CALHEIROS

Renan rebate críticas de Flávio e diz que não o 'afetam e nem a CPI'

Peru dá mais valor ao turismo e à gastronomia locais do que o Brasil, aponta pesquisa
TURISMO-AMÉRICA LATINA

Peru dá mais valor ao turismo e à gastronomia locais do que o Brasil, aponta pesquisa