Cursos gratuitos de idiomas são lançados no Compaz

Programa oferece 600 vagas, de acordo com a Prefeitura do Recife

Almoço com vereadores ocorreu nesta sexta-feira (13)Almoço com vereadores ocorreu nesta sexta-feira (13) - Foto: Divulgação

A Prefeitura do Recife, por meio de uma nova parceria da Secretaria de Segurança Urbana, lançou na manhã desta sexta-feira (7) 600 vagas para cursos gratuitos de cinco idiomas no Compaz, Centro Comunitário da Paz. As aulas serão oferecidas nas unidades do Alto Santa Terezinha, Zona Norte, e no Cordeiro, Zona Oeste, com 300 vagas cada.

O Grupo IBEP Educação, representante da empresa Rosetta Stone, disponibiliza os cursos de inglês, espanhol, italiano, francês e alemão. As aulas são misturadas com interações online e presenciais, com quatro monitores capacitados pelo IBEP.

Para acessar o conteúdo, os estudantes inscritos no Compaz podem baixar o aplicativo disponível no Android e IOS, ou até no site da Rosetta Stone, com senha cedida pelo programa. São 200h de aula e cinco níveis, dois deles são básicos e os outros dois intermediários.

“Não é até o nível avançado, mas os estudantes saem com habilidade suficiente para se comunicarem na língua desejada, no nível intermediário”, explica Pedro Cunha, gerente de projeto do IBEP. Cada nível tem quatro unidades, com expectativa de conclusão média em seis meses, caso o aluno fizer duas horas semanais. A Rosetta Stone dá um certificado para o aluno a cada nível concluído.

Desde que abriu, em março deste ano, o Compaz do Alto Santa Terezinha já realizou mais de 40 mil atendimentos (como cursos, prática de esportes, entre outros). Segundo a secretaria de Segurança Urbana, profissionais do centro escutam os pedidos dos moradores para saber quais os serviços mais procurados. Por causa disso, o Compaz já havia feito duas parcerias para aulas de idiomas.

“Como a gente tinha uma demanda muito grande por cursos de língua estrangeira, a gente fez uma nova parceria pras pessoas que estavam na lista de espera. A gente já tinha o cadastro de seis mil pessoas, feito em maio deste ano, e agora estamos atendendo as pessoas que já foram inscritas”, resume Eduardo Machado, secretário executivo de Segurança Urbana.

A estudante Kauany Caroline da Silva, de 14 anos, começou a ter aula de inglês há dois meses, mas na terça-feira pode ver a primeira aula online do Rosetta. O diferencial, para a jovem, é que as aulas são todas ministradas na língua estrangeira. “Se a gente não entender, pedimos para ela repetir e entendemos tudo depois. Minha parte preferida é quando tem atividade em grupo com diálogo em inglês”, conta.

O colega Amadeu Felipe Barbosa, 15, cursa o primeiro ano do Ensino Médio e preferiu correr atrás agora do curso de espanhol para tentar uma vaga em engenharia civil na Argentina. “Não sei a faculdade ainda, mas quero me formar lá. As aulas me ajudam, comecei do zero, sem saber falar nada. Estou no primeiro módulo, já sei as saudações”, diz.


A previsão é que o Compaz do Cordeiro seja inaugurado em novembro deste ano. O da Ilha Joana Bezerra ainda está em construção e a pasta pretende cumprir com a abertura de mais dois centros semelhantes, no Ibura e no Totó, mas eles não começaram a ser construídos.

Veja também

Sonda conclui a primeira coleta de amostra em um asteroide feita pela Nasa

Sonda conclui a primeira coleta da Nasa de amostra em asteroide

Ministério da Saúde inicia 15ª missão para atender indígenas com Covid-19
Coronavírus

Ministério da Saúde inicia 15ª missão para atender indígenas com Covid-19