"Decisão desnecessária e equivocada", diz Governo de Pernambuco sobre investigação no Complexo do Cu

Administração afirma que problemas do sistema devem ser tratados "com mais responsabilidade e menos pirotecnia"

Prefeitura de JaboatãoPrefeitura de Jaboatão - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco/arquivo

O Governo do Estado de Pernambuco criticou, em nota, a decisão da Procuradoria-Geral da República (PGR) de instaurar procedimentos para investigar a situação do sistema penitenciário em quatro Estados - Amazonas, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Rondônia. No Estado, o Complexo Prisional do Curado, no bairro do Sancho, Zona Oeste do Recife, será alvo da ação.

Na nota, o Governo disse "estranhar a iniciativa", que classificou como "uma decisão desnecessária e equivocada". A gestão ainda afirma que reconhece os problemas do sistema carcerário local e ressalta que vem tomando providências para corrigi-las. O texto termina dizendo que a questão deve ser tratada "com mais responsabilidade e menos pirotecnia"

Confira a nota na íntegra:

"O Governo de Pernambuco estranha a iniciativa do procurador-geral da República em exercício em instaurar procedimento administrativo para apurar a situação do sistema penitenciário de Pernambuco, visando “propositura de intervenção federal”. Trata-se de uma decisão desnecessária e equivocada.

O Governo do Estado reconhece o problema do sistema prisional pernambucano e vem tomando todas as providências para corrigir as deficiências existentes – inclusive com a participação do Ministério Público Federal. O Governo de Pernambuco não é omisso e nem falseia a realidade desafiadora.

Foram criadas, 1.374 vagas nos últimos dois anos, com a previsão de mais 3.954 vagas até o final de 2018. Além disso, foram realizadas obras de recuperação e modernização de unidades prisionais já existentes, visando melhorar a condição dos reeducandos e também a segurança do sistema.

Os problemas do sistema prisional brasileiro são sérios e é preciso que sejam tratados com mais responsabilidade e menos pirotecnia.

Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Governo do Estado de Pernambuco"

Veja também

Camaragibe abre agendamento para vacinação contra Influenza
Saúde

Camaragibe abre agendamento para vacinação contra Influenza

Índia registra recorde de 200 mil novos casos de Covid-19 em 24 horas
PANDEMIA

Índia registra recorde de 200 mil novos casos de Covid-19 em 24 horas