Decoração de Natal do Recife é inaugurada com apresentações musicais; veja fotos

Festa contou com um palco montado no Cais da Alfandega onde foi apresentado o projeto Louvores in Concert, do cantor Almir Rouche e as crianças da Orquestra do Movimento Pró-Criança

Decoração de Natal do RecifeDecoração de Natal do Recife - Foto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco

A decoração de Natal do Recife foi inaugurada nesta sexta-feira (14) com a iluminação da árvore de Natal de 14 metros de altura, localizada no Cais da Alfandega, no Bairro do Recife. Com base de madeira de reflorestamento e corpo de estruturas metálicas, a árvore recebe projeções de imagens que fazem menção ao real espírito natalino. Quem passar pela calçada que margeia o rio também poderá conferir o tradicional presépio de Natal, esculpido em barro, e uma iluminação especial simulando um bosque.

Na ocasião, o prefeito do Recife, Geraldo Julio, comentou sobre o investimento mais tímido na decoração deste ano. “Tudo foi feito dentro da realidade que vivemos. Este ano, demos prioridade ao pagamento dos servidores, do 13º salário”, declarou. A festa também contou com um palco montado no Cais da Alfandega, onde foi apresentado o projeto Louvores in Concert, do cantor Almir Rouche e as crianças da Orquestra do Movimento Pró-Criança, sob a regência do maestro Crisóstomo Santos. Eles contaram com a participação especial do Instituto Passo de Anjo.

Leia também:
Exposição Recife dos Presépios abre programação natalina da capital


A apresentação emocionou o público. Para a professora Emília Laura Duarte, 51 anos, que estava acompanhada da sua mãe, essa é a primeira vez que ela prestigia a programação de Natal do Recife. “Nos anos anteriores, só viemos para tirar algumas fotos. Mas neste ano, escolhemos acompanhar os shows. Está tudo muito lindo, a árvore diferente e mais bonita. Estamos gostando muito”, afirmou.

A programação seguiu com cortejo de nove pastoris, Reisado Imperial e Cavalo Marinho Boi Matuto, embalados pela Associação Musical 19 de Fevereiro e Som Brasil Banda Show, da Rio Branco em direção ao Cais da Alfândega, queima de fogos e apresentações do Pastoril Giselly Andrade e do Balé Deveras. “Os pastoris representam alegria, união e harmonia para celebrar o nascimento de Jesus”, declarou a pequena Emilly Camylla da Silva, de 12 anos, do Pastoril Dinda.

Neste sábado (15) e domingo (16), as festas continuam. Desta vez, na avenida Rio Branco. As apresentações começam a partir das 19h, com o Balé Popular do Recife, o Pastoril Estrela Brilhante e o Reisado Imperial. Para o encerramento, será realizada uma grande celebração ao pastoril, num espetáculo que reunirá o passado, o presente e o futuro da tradição. Ciceroneados pelo Véio Mangaba e seu pastoril, subirão ao palco os velhos Xaveco, Maroto, Lumbrigueta e Cafuné.

Já no domingo, a programação começa mais cedo cedo. Às 10h, Adriana B desfila seu samba na Rio Branco. E, das 16h às 22h, a festa continua com Romero Ferro, Coral Passode Anjo, Maestro Spok e Comunidade do Pilar, Grupo Matéria Prima, Pastoril Jardim da Alegria, Grupo de Dança de Valdeck Farias, Guerreiros do Sol Nascente e Cia Pé-Nambuco de Dança.

Veja também

Quatro em dez alunos pensaram em parar os estudos devido à pandemia
Educação

Quatro em dez alunos pensaram em parar os estudos devido à pandemia

Hospital de Salgueiro recebe novas estruturas e abrirá leitos de UTI neonatais e pediátricos
Sertão

Hospital de Salgueiro recebe novas estruturas e abrirá leitos de UTI neonatais e pediátricos