Decreto mantém praias e parques de Pernambuco fechados até 30 de abril

Aumento de casos da Covid-19 e sistema de saúde perto do colapso foram determinantes para manter o fechamento

Policiais monitoram os locaisPoliciais monitoram os locais - Foto: Léo Malafaia / Folha de Pernambuco

Nesta segunda-feira (20), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, assinou um novo Decreto prorrogando até o próximo dia 30 o fechamento de parques e praias, incluindo a extensão dos calçadões, em todo o Estado.

A medida é um reforço às ações de isolamento e distanciamento social empregadas no intuito de evitar a expansão da epidemia do novo coronavírus, que já atinge 86 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

A proibição do acesso a essas localidades foi decretada inicialmente no dia 3 de abril, com validade de apenas três dias. No dia 6, Paulo Câmara fez a primeira prorrogação, tendo como prazo final o dia 13. Na sequência, atualizou o fechamento até esta segunda, quando renovou o veto por mais dez dias. Isso acontece por conta do aumento contínuo do número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no Estado, que já tem 99% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva destinados ao enfrentamento da Covid-19 ocupados.
  
Leia também:
Confira o movimento nas praias e parques após a prorrogação do decreto de fechamento
Paulo Câmara determina fechamento de praias e parques de Pernambuco
Pernambuco tem 231 novos infectados e 18 mortes pela Covid-19 em 24h; recuperados chegam a 100

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Fiocruz entrega 2,2 milhões de doses de vacinas ao PNI
IMUNIZANTE

Fiocruz entrega 2,2 milhões de doses de vacinas ao PNI

Biden afirma que novas restrições serão impostas nos EUA em função da Covid-19
VARIANTE DELTA

Biden afirma que novas restrições serão impostas nos EUA em função da Covid-19