VIDA PLENA

Hidratação e dieta balanceada fortalecem o organismo contra as intempéries do inverno

Nova estação traz frio, chuva e crescimento de infecções virais, que podem ser prevenidas de variadas formas. Saiba como se proteger e aumentar a imunidade

Hidratação e dieta balanceada, rica em frutas e vegetais, ajudam a manter boa imunidadeHidratação e dieta balanceada, rica em frutas e vegetais, ajudam a manter boa imunidade - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Iniciado no fim do mês passado, o inverno traz consigo uma maior incidência de pessoas gripadas ou resfriadas. De acordo com a infectologista Fátima Acioly, do Hospital Jayme da Fonte, isso acontece tanto por conta do frio, como devido ao período chuvoso, sobretudo no Nordeste. "As infecções virais se tornam mais frequentes pela tendência a aglomerações. As pessoas tendem a frequentar mais os lugares fechados, o que facilita o contágio de vírus respiratórios", explica. Saiba como aumentar a sua imunidade e se prevenir desses inimigos invisíveis do organismo.

Segundo Fátima, as variações climáticas podem ocasionar o surgimento de sintomas respiratórios semelhantes a um resfriado, além dos quadros de rinites e sinusites, processos inflamatórios que acometem a mucosa nasal e despontam como os grandes vilões da população nessa época. 

“Para evitar o surgimento desses sintomas, é aconselhável manter os ambientes limpos, livres de ácaros, manter uma boa hidratação e uma dieta balanceada. A hidratação é fundamental para facilitar a produção e a remoção da secreção. A utilização de antialérgico, prescrito por médico, pode reduzir os sintomas. Bem como a irrigação nasal com solução fisiológica”, esclarece. A especialista destaca também que as viroses respiratórias podem ser responsáveis por exacerbação de doenças preexistentes, como asma, por exemplo.

[PODCAST] Canal Saúde - Canal Saúde - Alimentação como aliada da imunidade

Folha de Pernambuco · 02.07.20 - Canal Saúde - Alimentação como aliada da imunidade

É o caso do estudante de Engenharia Civil Eduardo Lima, 24, que costuma sofrer muito nessa época. Ele, que tem asma e rinite, busca sempre se antecipar às doenças. "Para mim, o melhor remédio é a prevenção. Reforço a dose de Vitamina C e costumo tomar algum antigripal assim que percebo algum sintoma de resfriado", afirmou. 

Atualmente, ele está com a asma controlada, mas mantém a bombinha de ar sempre à disposição, além de tentar permanecer em locais frescos e arejados. "Por conta da pandemia do coronavírus, tenho saído somente para o necessário, então não estou enfrentando aglomerações ou em locais fechados. E acho que a máscara e o fato de sempre higienizar as mãos com álcool em gel são hábitos que estão ajudando na proteção", complementou.

Fátima Acioly lembra que a adoção de alguns hábitos no dia a dia pode contribuir para a manutenção de uma boa imunidade. “Uma dieta balanceada, rica em frutas e vegetais, a prática de exercícios físicos regulares, dormir bem e a redução do estresse é o conjunto ideal”, conclui.

A nutricionista Mirla Pereira chama a atenção para a hidratação. É que, segundo ela, o consumo de água durante o inverno costuma diminuir por conta das baixas temperaturas. Além da hidratação, é possível reforçar a imunidade com base em uma dieta variada e cuidadosa. “As já conhecidas frutas cítricas, como laranja, acerola, abacaxi, limão, tangerina e goiaba são ricas em vitamina C, que é um antioxidante natural e ajuda a promover uma maior resistência a gripes e infecções respiratórias. Além delas, o alho é muito indicado, pois tem compostos como as vitamina A e C, zinco, selênio e alicina, substâncias importantes na prevenção de inflamações e infecções”, detalha.

“A cebola também é bem boa, por se tratar de um anti-inflamatório natural, auxiliando ainda na absorção de nutrientes como o cálcio, essencial para os ossos. E o gengibre, que é um alimento com alto poder antioxidante e anti-inflamatório. Com vitamina C e B6, aumenta a defesa do nosso organismo e pode ser utilizado em várias preparações, como chás e sucos”, finalizou. 

Mirla também menciona os iogurtes naturais, que são ricos em lactobacilos e fortalecem o sistema imunológico, além das oleaginosas, como amêndoas e castanhas. Abundante em vitamina E, selênio e zinco são poderosos antioxidantes, que reforçam a imunidade e combatem os radicais livres.

#vidaplenajaymedafonte

Veja também

Mamografias serão retomadas na cidade de Olinda a partir desta segunda-feira (3)
Exame

Mamografias serão retomadas na cidade de Olinda a partir desta segunda-feira (3)

Covid-19 matou 94,1 mil pessoas no Brasil desde o início da pandemia
Coronavírus

Covid-19 matou 94,1 mil pessoas no Brasil desde o início da pandemia