DIPLOMACIA

Depois de Putin, Bolsonaro se reúne com o primeiro-ministro húngaro Orban

A reunião deve acontecer nesta quinta-feira

Presidente Jair Bolsonaro na RússiaPresidente Jair Bolsonaro na Rússia - Foto: Oficial Kremlin/PR

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, se reúne nesta quinta-feira (17) em Budapeste com o primeiro-ministro nacionalista húngaro Viktor Orban, na segunda etapa de uma turnê europeia que começou na quarta na Rússia. 

Bolsonaro, que se encontrou com Vladimir Putin na quarta-feira, se reunirá com o presidente húngaro Janos Ader antes de se encontrar com Orban. 

Uma coletiva de imprensa conjunta está marcada para mais tarde.

Viktor Orban enfrentará, em 3 de abril, sua batalha eleitoral mais complicada desde que chegou ao poder em 2010, com seis partidos da oposição aliados contra ele. 

Em seus três mandatos consecutivos no poder, o líder nacionalista seguiu uma política externa de aproximação com Rússia e China, ao mesmo tempo em que antagonizou seus aliados na União Europeia (UE). 
 

O Brasil é o principal parceiro comercial da Hungria na América Latina e Orban foi um dos poucos líderes ocidentais a comparecer à posse de Bolsonaro em janeiro de 2019.

Em 2020, a Hungria assinou um acordo para comprar duas aeronaves brasileiras de transporte militar KC-390 por um preço não divulgado.

A visita de Bolsonaro a Budapeste atraiu críticas, com um site de notícias húngaro descrevendo-a como "uma proeza diplomático" antes da eleição.

Orban também visitou Putin semanas atrás, apesar das objeções de seus aliados europeus.

Bolsonaro, admirador do ex-presidente americano Donald Trump e de Putin, conheceu o líder russo em sua primeira viagem oficial a Moscou. 

Putin saudou o diálogo "construtivo" com o brasileiro, que também enfrenta uma difícil reeleição em outubro, em meio ao menor índice de aprovação de seu mandato.

Bolsonaro ignorou a pressão de Washington, tradicional aliado do Brasil, e de seu próprio gabinete para cancelar a viagem à Rússia, dizendo que o motivo era comercial.

Antes de partir para a Rússia, o Brasil reafirmou publicamente suas relações diplomáticas com a Ucrânia. 

Veja também

Vermes, bactérias e vírus: doenças "invisíveis" ameaçam saúde de 28 milhões de brasileiros por ano
SAÚDE

Vermes, bactérias e vírus: doenças "invisíveis" ameaçam saúde de 28 milhões de brasileiros por ano

Incêndio em prédio residencial de bairro nobre em Londres deixa onze hospitalizados
MUNDO

Incêndio em prédio residencial de bairro nobre em Londres deixa onze hospitalizados