Derrubar o líder invicto da Série A é o desafio do Sport

Sport já venceu três dos cinco adversários que estão à sua frente na classificação. Corinthians não perde há 18 rodadas

Após fracassar no Corinthians, André tem a chance de dar a respostaApós fracassar no Corinthians, André tem a chance de dar a resposta - Foto: Anderson Stevens

Dizer que Sport e Corinthians são concorrentes diretos neste Brasileirão 2017 seria distorcer a realidade, apesar da proximidade das colocações de cada um na tábua de classificação. Enquanto os pernambucanos ocupam a sexta colocação, com 28 pontos, os paulistas figuram na liderança da Série A, com uma espetacular campanha de 43 pontos de 54 disputados. Porém, isso não quer dizer que os dois times entrem em campo na Arena Itaquera, sem grandes expectativas neste sábado, às 19h. Sem perder nenhuma partida até agora nessas 18 rodadas disputadas, o Timão é o adversário a ser batido nesta edição do campeonato. Começando a construir uma fama de visitante ingrato, o Leão já venceu três adversários longe dos seus domínios e vem forte dose de confiança da torcida leonina, que ao menos fora de campo não vem demonstrando nenhum temor por encarar o todo poderoso Timão.

E não é apenas o fato de vir atuando bem fora de casa que vem animando os rubro-negros. Se por um lado o Sport perdeu pontos preciosos contra três dos quatro times da zona de rebaixamento - empate contra o São Paulo e derrotas para Avaí e Vitória -, o time vem se dando bem praticamente com todos os times que lutam diretamente no pelotão da frente. Dentre os cinco que estão à frente dos pernambucanos, três vitórias, contra Grêmio (2ª), Santos (3ª) e Flamengo (5ª) e apenas uma derrota, diante do Palmeiras (4ª). "Essa questão de achar se dá ou não para vencer é muito relativa. É um time muito bom e é difícil jogar lá, mas nós vamos jogar e com propriedade. É o que eu quero. E o Sport pode ganhar ou pode perder lá. Nós temos que acreditar na vitória. Não podemos entrar lá achando que perdemos o jogo", comentou Luxemburgo.

O jogo tem um sabor especial para o treinador, que treinou o Timão em duas passagens (1997/1998 e 2001/2002), onde conquistou o Campeonato Brasileiro de 1998 e o Paulista de 2001. E não é só para o treinador que o confronto diante do time comandado por Fábio Carille tem um tempero especial. Para o atacante André, é a primeira a grande chance que ele tem para dar uma resposta direta aos alvinegros que o criticaram e apoiaram a sua saída de 2016, para o Sporting/POR.

Na ocasião, o atleta havia se destacado pelo Sport na Série A 2015, alcançando a vice-artilharia da competição. Ao final da temporada, ele aceitou a proposta corintiana e aportou no Parque São Jorge sob grande expectativa, mas fracassou e foi negociado com o time português. Permanecendo em má fase, André foi procurado pelo Leão e aceitou voltar, sendo até então a maior contratação da história do clube, que pagou R$ 5,2 milhões. Após um começo difícil, o atacante hoje já é terceiro colocado na briga pela artilharia do Brasileirão, com nove gols marcados.

Para este confronto, Luxemburgo não contará com Mena e Lenis, suspensos. Sander e Osvaldo devem ser os escolhidos para as vagas. O volante Anselmo volta a ficar à disposição após dois meses de molho, devendo ficar como opção no banco de reservas.

FICHA DO JOGO - 

Corinthians
Cássio; Fágner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Rodriguinho; Romero, Clayson e Jô. Técnico: Fábio Carille.

Sport
Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Henríquez e Sander; Patrick, Rithely, Everton Felipe, Diego Souza e Osvaldo; André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Local: Arena Corinthians (São Paulo). Horário: 19h. Árbitro: Wagner Reway (MT). Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando (amobs do MT). Transmissão: Premiere.

Veja também

Anvisa autoriza uso emergencial do 2º lote da CoronaVac; total é de 4,8 milhões de doses
Vacina

Anvisa autoriza uso emergencial do 2º lote da CoronaVac; total é de 4,8 milhões de doses

Distribuição de vacinas da AstraZeneca deve começar neste sábado (23)
Coronavírus

Distribuição de vacinas da AstraZeneca deve começar neste sábado (23)