Deslizamento de terra atinge casas em Nova Descoberta

De acordo com a Defesa Civil, o deslizamento foi provocado por uma escavação irregular combinada às fortes chuvas

Equipe da Defesa Civil trabalha em deslizamento de uma barreira no Córrego do Joaquim em Nova Descoberta.Equipe da Defesa Civil trabalha em deslizamento de uma barreira no Córrego do Joaquim em Nova Descoberta. - Foto: Arthur Mota/ Folha de Pernambuco

Em decorrência das últimas chuvas, uma barreira deslizou e atingiu três casas na madrugada desta segunda-feira (27), em Nova Descoberta, na Zona Norte do Recife. Por volta das 3h, moradores da Rua Cunha Porã, no Córrego do Joaquim, foram surpreendidos com a terra invadindo parte de suas moradias. A Defesa Civil foi acionada e chegou ao local aproximadamente às 5h da manhã.

O deslizamento atingiu a área de serviço de três casas conjugadas, mas não deixou feridos. Ana Paula Roza, moradora de um dos imóveis há 37 anos, relata que já suspeitava que um acidente pudesse acontecer e, segundo ela, planejava fazer obras de prevenção por conta própria. “Há um tempo que já vinha caindo pedaço, aí eu fiquei muito preocupada. Consegui um empréstimo e ia construir um muro de arrimo. O barulho foi muito grande, desde o mês de março a terra deslizava", contou. O terreno atingido é ocupado por Ana Paula e mais seis pessoas da família, incluindo duas crianças e uma idosa de 84 anos, que é avó da mulher. 

A moradora relatou, que há mais de sete anos outros deslizamentos de terra aconteceram no local, o que levou a família a procurar, temporariamente, outro terreno para morar. “Esperamos que realmente eles façam, pelo menos, o muro”, declarou a moradora sobre a ação que ela espera ser tomada pela Defesa Civil.

Aline Roza Freitas, irmã de Ana Paula e também moradora do local, contou que no momento do deslizamento de terra, a avó, Ruth Maria da Conceição, e seu filho de 11 anos, estavam dormindo no quarto colado com a parede, onde a terra atingiu a área de serviço.

A atuação imediata da Defesa Civil foi fazer a limpeza do local e colocar uma lona plástica para prevenir mais deslizamentos. “A moradora estava fazendo uma escavação para fazer um muro de arrimo e era irregular porque ela não tem nem licença e nem um engenheiro responsável. Ela estava iniciando uma escavação e houve o deslizamento devido à chuva”, analisou o chefe de Engenharia da Regional Nordeste da Defesa Civil, Neuton Simões.

Segundo ele, a escavação irregular, junto com as chuvas, podem ter sido responsáveis pelo ocorrido. Ainda segundo a Defesa Civil, uma análise mais detalhada do caso ainda será divulgada, além de uma possível solução para garantir a segurança dos moradores.

A Defesa Civil informou que não foi necessário realizar a interdição das casas, de forma que a limpeza do local e a lona plástica devem garantir a segurança dos moradores. 

Veja também

Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
BRASIL

Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas

Pernambuco ganha lei que concede anistia de IPVA vencidos em 2020 para motos
QUITAÇÃO DE DÍVIDAS

Pernambuco ganha lei que concede anistia de IPVA vencidos em 2020 para motos