Detran-PE tem serviços normalizados após medidas de proteção aos ciberataques

No TJPE, acesso interno aos computadores está interrompido, mas normalizado para advogados e usuários

Servidores do Detran ficaram fora do ar durante toda a manhãServidores do Detran ficaram fora do ar durante toda a manhã - Foto: Cortesia/ Whatsapp

A sede e as lojas do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) começaram a ter os serviços normalizados no fim da manhã desta segunda (15), segundo o gerente de Informática do órgão, Décio Lira. Desde a última sexta (12), quando começou uma série de ciberataques pelo mundo, algumas empresas e órgãos no governo tomaram medidas preventivas para evitar danos. “O setor de TI do Detran atuou nisso e, hoje, já atualizou o servidor e os desktops”, comentou Lira.

Leia Mais

Putin diz que a fonte primária do vírus do ciberataque global foi a CIA

Ciberataque global não trouxe grandes prejuízos ao Brasil 

Segundo um servidor do órgão, os computadores ficaram sem conexão, mas o problema vem acontecendo “mesmo antes dos ataques”, o que constantemente prejudica os atendimentos. Um motorista que agendou atendimento na loja do Detran do Shoppping Guararapes, em Jaboatão, relatou que o sistema estava fora do ar e até as remarcações estavam inviabilizadas

Tribunal de Justiça
Em nota, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) disse que os seus sistemas de informação não foram atacados por hackers nem o Tribunal vem sofrendo ameaças de chantagem. O acesso ao Processo Judicial eletrônico (PJe) está funcionando, bem como as audiências estão mantidas. Não há quaisquer danos aos dados dos processos que tramitam no Judiciário estadual.

O TJPE afirmou que iniciou uma varredura nos dois datacenters no mesmo dia do ataque cibernético em escala global. A ação preventiva foi estendida ao parque de máquinas composto por cerca de oito mil pontos. 

Nesta segunda, todos os computadores utilizados pelos colaboradores do Judiciário estadual passam por avaliação técnica remota. Essa ação tem respaldo nas orientações de especialistas em segurança da informação seguidas por empresas e órgãos públicos nacionais e internacionais.

Agência
O Núcleo de Segurança da Informação da Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI) informou que desde que tomou conhecimento dos ataques na Espanha, passou a informar ações necessárias nos serviços compartilhados disponibilizados pela agência e internas aos Núcleos Setoriais de Informática nas secretarias e órgãos da Administração Pública Estadual.

“A ATI está monitorando a rede corporativa PE-Conectado, os Data-Center Estaduais e as redes de computadores. Estamos em contato direto com diversos Analistas de Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicações que estão atuando para que toda a TI Estadual esteja funcionando normalmente, sem prejuízos a toda a sociedade pernambucana”, comunicou a agência em nota.

 

 

Veja também

Navegue na edição digital da Folha de Pernambuco
Folha de Pernambuco

Navegue na edição digital da Folha de Pernambuco

Janet Yellen é confirmada como primeira secretária do Tesouro americano
EUA

Janet Yellen é confirmada como primeira secretária do Tesouro americano