terremotos

Dezenas de tremores abalam Taiwan poucas semanas após semanas terremoto fatal

Um sismólogo do governo de Taiwan disse que a série de tremores começou ao sul do epicentro do grande terremoto de abril

Imagem mostra o edifício Uranus danificado em Hualien, depois que um grande terremoto atingiu o leste de Taiwan Imagem mostra o edifício Uranus danificado em Hualien, depois que um grande terremoto atingiu o leste de Taiwan  - Foto: CNA/AFP

Dezenas de terremotos, o mais intenso deles com magnitude de 6,3 graus, abalaram a ilha de Taiwan entre segunda e terça-feira, o que o governo atribuiu a tremores secundários do grande terremoto que deixou 17 mortos no início do mês.

Os abalos mais fortes aconteceram com seis minutos de intervalo por volta das 2H30 (15H30 de Brasília, segunda-feira), com magnitudes de 6 e 6,3, segundo a Administração Meteorológica Central de Taiwan.

Os tremores começaram às 17H00 de segunda-feira e prosseguiram até 10H30 da manhã de terça-feira. A Administração Meteorológica Central registrou mais de 200 eventos.

Todos tiveram origem no condado montanhoso de Hualien, leste da ilha, epicentro do terremoto de 3 de abril, o mais forte em 25 anos na ilha, com magnitude de 7,4 graus.

As autoridades informaram que até o momento não foram registradas vítimas. Os tremores contínuos, no entanto, deixaram muitos moradores de Taipé, a 150 quilômetros do epicentro, acordados durante a noite.

Às 8H00 de terça-feira, um tremor de 5,8 graus de magnitude voltou a abalar a ilha, no momento em que os moradores seguiam para o trabalho.

Na cidade de Hualien, um hotel que foi danificado pelo terremoto do início do mês ficou inclinado após a série de terremotos, segundo imagens obtidas pela AFP.

"Por favor, saiam por segurança. Vamos esvaziar primeiro, certo? Ainda há alguém lá dentro? Por favor, desçam", gritou um bombeiro para os moradores de prédios próximos.

As autoridades do condado anunciaram que escolas e escritórios permaneceriam fechados na terça-feira devido aos tremores secundários.

Um sismólogo do governo de Taiwan disse que a série de tremores começou ao sul do epicentro do grande terremoto de abril.

O terremoto de 3 de abril deixou 17 mortos e mais de 1.100 feridos. Em Hualien, o tremor provocou vários deslizamentos de terra que bloquearam estradas e danificaram consideravelmente alguns edifícios da cidade.

Os sismólogos Judith Hubbard e Kyle Bradley indicaram que a atividade sísmica pareceu seguir para o sul do epicentro de 3 de abril.

Os dois indicaram em seu boletim "Earthquake Insights" que os últimos terremotos parecem ter aumentado de intensidade, ao contrário do que normalmente acontece após um grande terremoto, quando os tremores secundários tendem a diminuir.

Os terremotos são comuns em Taiwan, pois a ilha está localizada perto da junção de duas placas tectônicas.

Após o terremoto de 3 de abril, centenas de réplicas foram registradas. Esse tremor foi o mais forte em Taiwan desde o terremoto de magnitude 7,6 que atingiu a ilha em setembro de 1999 e deixou 2.400 mortos.

A aplicação de regras de construção mais severas desde então e a conscientização pública sobre como agir nestas situações evitaram uma grande catástrofe no início do mês.

 

 

Veja também

Ministro do Gabinete de guerra de Israel pede eleições antecipadas, e premier reage
guerra no oriente médio

Ministro do Gabinete de guerra de Israel pede eleições antecipadas, e premier reage

Homem de 24 anos leva choque elétrico ao manusear antena em Ipojuca e é internado em estado grave
HOSPITAL DA RESTAURAÇÃO

Homem de 24 anos leva choque elétrico ao manusear antena em Ipojuca e é internado em estado grave

Newsletter