CRISE NA UCRÂNIA

Dezoito mortos em ataque militar nas proximidades do porto ucraniano de Odessa

Entre as vítimas estão oito homens e dez mulheres

Mulher rezando na Praça da Independência em Kiev, na UcrâniaMulher rezando na Praça da Independência em Kiev, na Ucrânia - Foto: Daniel Leal/AFP

Dezoito pessoas morreram nesta quinta-feira (24) em um bombardeio contra uma base militar de uma localidade próxima ao porto ucraniano de Odessa, informaram as autoridades locais.  

"Dezoito pessoas morreram, oito homens e dez mulheres. No momento ainda estamos cavando entre os escombros, afirmou a administração regional de Odessa em um comunicado.

O ataque aconteceu no primeiro dia da invasão da Rússia, iniciada durante a madrugada, contra a Ucrânia, após uma disputa de várias semanas entre o presidente Vladimir Putin e os países ocidentais por suas exigências de que Kiev nunca seja um Estado membro da Otan.

Até o momento, este é o ataque mais violento do dia, de acordo com os relatos das autoridades ucranianas, que alguns minutos antes divulgaram um balanço total de 50 mortos no país, incluindo dez civis. 

O ataque atingiu uma base militar 100 quilômetros ao norte de Odessa, em uma área próxima da fronteira com a Moldávia. 

Veja também

Número de casos de dengue grave mais do que dobra no País; saiba quais são os sinais de alarme
Dengue

Número de casos de dengue grave mais do que dobra no País; saiba quais são os sinais de alarme

Suspeito de destruir carro usado no assassinato de Marielle é preso
Marielle

Preso suspeito de destruir carro usado no assassinato de Marielle