Dia D da vacinação contra o sarampo acontece neste sábado

O mutirão faz parte da primeira fase da campanha e é voltado para crianças que têm entre seis meses e 4 anos, 11 meses e 29 dias

Em Pernambuco cerca de 2.500 unidades de vacinação espalhadas por todos os municípios do estado devem funcionar em em horário especial neste sábado.Em Pernambuco cerca de 2.500 unidades de vacinação espalhadas por todos os municípios do estado devem funcionar em em horário especial neste sábado. - Foto: Arthur Mota/ Folha de Pernambuco.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, que começou a ser executada no último dia 7 de outubro em todos os postos de saúde do Brasil, chega ao seu ápice no próximo sábado (19) com o “Dia D” da vacinação. A primeira fase da campanha abrange as crianças que têm entre seis meses e 4 anos, 11 meses e 29 dias, que poderão ser vacinadas nas unidades de saúde das redes pública e estadual, que ficarão abertas no sábado em horário especial.

Neste sábado, a vacinação será voltada exclusivamente para crianças da faixa etária definida pelo Ministério da Saúde que ainda não completaram o ciclo da tríplice viral (duas doses) ou não têm comprovação de terem recebido as duas doses da vacina. A primeira fase da campanha continua até o próximo dia 25 de outubro. Para vacinar a criança, é preciso que o responsável leve o cartão de vacinação.

Leia também:
Postos de saúde abrem neste sábado para vacinação contra o sarampo
Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa segunda
Começa vacinação contra sarampo para crianças menores de 5 anos

Em Pernambuco, cerca de 2.500 unidades de vacinação espalhadas por todos os municípios do estado devem funcionar em em horário especial neste sábado. De acordo com o secretário de saúde André Longo, uma quantidade considerável de crianças ainda deve ser vacinadas no estado.

“Temos o vírus em circulação em Pernambuco e a única forma de evitar que essa doença se espalhe ainda mais é através da vacinação”, alerta o secretário. Longo ainda ressalta a importância de ignorar as notícias falsas que influenciam alguns responsáveis a não vacinar as crianças:

“É uma faixa etária frágil, que depende muito dos responsáveis e tem o direito de receberem a vacina gratuitamente. Por isso, é importante que os pais e mães não caiam em fake news, a vacinação é segura e só ela protege com eficiência”.

No Recife, cerca de 150 unidades estarão abertas das 8h às 17h neste sábado. Segundo a coordenadora do Programa de Imunização do Recife (PNI), Elizabeth Azoubel, a cobertura vacinal na capital pernambucana está abaixo da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde que é de 95% do público alvo. Em 2019, a cobertura da primeira dose está em 92% e da segunda em 70%. “Esperamos nos aproximar da meta com essa campanha. É importante que os responsáveis levem as crianças para tomar as duas doses, o que, por vezes, não acontece”, diz a coordenadora.

O propagandista Vítor Duarte levou o filho Pedro, de um ano e cinco meses de idade, para tomar a primeira dose da vacina. O pai, que reconhece a importância da campanha de vacinação, afirma que "a ideia era ter trazido antes, mas ainda é tempo". "A gente sempre acompanha o cartão de vacinação dele para que ele não fique desassistido. É importante que todos os responsáveis tragam as crianças para que o combate ao sarampo seja mais eficiente", afirma Vítor.

Toda criança entre 6 meses e 11 meses deve ser vacinada com a tríplice viral, considerada a "dose zero". Uma nova dose deve ser feita aos 12 meses e outra aos 15 meses, quando o esquema é finalizado. A partir dos 2 anos, caso o menino ou menina ainda não tenha começado o esquema vacinal, as duas doses devem ser feitas com um intervalo de um mês entre elas.

A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, que terá início no dia 18 de novembro, será voltada para a vacinação de adultos com faixa etária entre 20 e 29 que não estão com a carteira de imunização em dia.

De acordo com um boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), até o último dia 5 de outubro, foram confirmados 56 casos de sarampo no estado entre 867 casos suspeitos. Entre os 867 casos, 292 foram descartados e 519 continuam sendo acompanhados.

Para ver a lista de postos que funcionarão em horário especial no Recife, clique aqui.

Veja também

Governo quer liberar preços de medicamentos com inovação incremental
saúde

Governo quer liberar preços de medicamentos com inovação incremental

MEC publica edital para 50 mil vagas remanescentes do Fies
Educação

MEC publica edital para 50 mil vagas remanescentes do Fies