A-A+

Sustentabilidade

Dia Mundial da Limpeza será celebrado com ações no Rio Capibaribe e drive-thru

Iniciativa é da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade e a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife

ONG Recapibaribe participa da ação solidáriaONG Recapibaribe participa da ação solidária - Foto: Arthur Motta/ Folha de Pernambuco

Comemorado em 18 de setembro (sábado), o Dia Mundial da Limpeza terá uma sequência de ações idealizadas pela Prefeitura do Recife a partir desta sexta-feira (17). A determinação, pela Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) e Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMAS), conta com o mutirão de limpeza no Rio Capibaribe e arredores. 
 
O encontro será às 8h na sede da ONG Recapibaribe, localizada no bairro do Monteiro, zona norte do Recife. Cerca de 50 barqueiros irão participar da disputa ao percorrer oito quilômetros do curso d´água, a gincana tem o intuito de visualizar quem está coleta mais lixo. Todo o material recolhido do rio será pesado na rampa de remo do Sport, situado na Ilha do Retiro. Os valores da premiação para o primeiro colocado será de R$ 300, ficando R$ 200 para o segundo e R$ 150 para o terceiro. 
 
“Espero que o poder público busque com muita dignidade aqueles que moram no rio, que precisam da pesca para sobreviver. Que olhe para todas essas pessoas que irão contribuir com a ação de cunho social e ambiental. E essas pessoas do Recapibaribe, juntamente com o município, pudessem fazer ações constantemente porque temos mão de obra. O Capibaribe é o coração do Recife” relata Maria do Socorro, diretora e coordenadora da ONG Recapibaribe. 
 
Segundo o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, a ação reforça a atenção de grandes quantidades de materiais descartados em locais de maneira indevida, um reflexo do que acontece nos rios de Recife. 
“Isso causa malefícios não somente para o Capibaribe, mas para as pessoas, animais e até para o visual da cidade que se altera por causa da sujeira”, comenta Carlos Ribeiro, secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMAS).
 
O ato irá possuir uma estrutura especial de limpeza por parte da Emlurb, que contará com 100 garis, e um EcoBarco conduzido por marinheiro e dois garis a bordo, visando beneficiar trechos do Rio Capibaribe. O material recolhido será distribuído em três caminhões e quatro caçambas. A ação será iniciada entre as 6h30 e 13h30, a esperança é que sejam recolhidas mais de 40 toneladas de resíduos.
 
A Prefeitura do Recife, que realiza de forma gratuita o descarte de metralhas e entulhos de pequenas reformas em 11 Ecostações, chama a atenção para outros tipos de coleta. “A ação serve para conscientizar as pessoas sobre a responsabilidade de respeitar os dias e horários da coleta domiciliar. O cuidado com a nossa cidade é dever de todos”, explica o diretor de Limpeza Urbana, Bruno Cabral.
 
Confira os trechos que receberão a operação de limpeza:


Frente 1 - Área Interna do Parque Santana (margem do Rio); Rua Afonso Albuquerque de Melo; Rua Dr. Saulo Suassuna; e Rua Leonardo Bezerra Cavalcanti, totalizando 1,54 km.
 
 
Frente 2 - Av. Beira Rio (no trecho compreendido entre a Ponte Estácio Coimbra e o muro da Compesa), totalizando 2 km.
 
 
Frente 3 - Cais da Alfândega (área em frente ao Paço Alfândega).
 
Para ter acesso a outras informações, acesse o endereço www.ecorecife.recife.pe.gov.br

Leia também

• Semana Municipal da Alimentação Saudável tem início com foco na Sustentabilidade Social

• Soberania, Responsabilidade e Sustentabilidade: Pilares do Setor Produtivo

• Sustentabilidade é ponto forte em ambiente da mostra RioMar Casa

 
Os mangues também não poderiam ficar de fora, a vice-prefeita do Recife, Isabella de Roldão também irá promover ações no edifício-sede da prefeitura. A limpeza será realizada das 7h30 com voluntários, além da Gerência Geral de Manutenção e Serviço. 
 
A ação dará continuidade em diversos órgãos e secretarias, com o objetivo de propagar a cultura de eficiência em patrimônios públicos. O movimento é estimulado regularmente através do Reuse.PCR, regulado pela Gerência de Patrimônio. 
 
“A construção de uma cidade e de um mundo mais sustentável começa dentro de ‘casa’, com o reaproveitamento de materiais e incentivo à economia circular. Uma prática que precisa se estender para o nosso dia a dia em todas as esferas”, defende Isabella de Roldão.

Veja também

DNA confirma que homem é bisneto de Touro Sentado
Engenharia genética

DNA confirma que homem é bisneto de Touro Sentado

Uso de fluvoxamina reduz hospitalizações por Covid, aponta estudo
Coronavírus

Uso de fluvoxamina reduz hospitalizações por Covid, aponta estudo