A-A+

ESTA QUARTA-FEIRA

Dia Mundial Sem Carro terá ações de mobilidade e requalificação no Centro do Recife

Prefeitura do Recife em parceria com a Tembici irá fornecer 500 vouchers para viagens de bicicleta

Participarão artistas educadores da Trupe da CTTU, que contará com veículos motorizados para fazer o trajeto de bicicletaParticiparão artistas educadores da Trupe da CTTU, que contará com veículos motorizados para fazer o trajeto de bicicleta - Foto: Divulgação

No Dia Mundial Sem Carro, comemorado nesta quarta-feira (22) em cidades do mundo todo, são realizadas atividades em defesa do meio ambiente com intuito de promover mudanças na sociedade e segurança nas vias. No Recife, a prefeitura começa uma série de ações para garantir mobilidade e segurança viária.

A proposta conta com a instalação da Segunda Etapa da Ciclofaixa Professor Josias de Albuquerque, além de uma requalificação do trecho da Rua Treze de Maio, que se tornará bidirecional. Também será implantada uma área de trânsito calmo ao longo da Rua Frei Cassimiro, em Santo Amaro, a fim de reduzir o risco de acidentes. 

Durante a quarta-feira, arte-educadores da Trupe da CTTU estão em pontos estratégicos para convidar as pessoas que estão nos carros a utilizar bicicleta. Também há a distribuição da cartilha "Bora de Bike, Recife?" que reforça as ideias de segurança e estratégias para a troca de um carro por uma bicicleta.

Em parceria com a empresa Tembici, órgão responsável pelo BikePE, são disponibilizados 500 vouchers para a retirada gratuita das bikes, a partir desta quarta-feira. A oferta fica disponível apenas para novos usuários e tem validade até a sexta-feira (24). Se os mesmos desejarem um plano mensal, poderão fazer uso do código PedalaPE.

Segundo a diretora de Relações Governamentais e Políticas Públicas da Tembici, Juliana Minorello, desde 2014 o Bike PE traz diversos ganhos para a mobilidade urbana local. 

“Somente no primeiro semestre deste ano, o projeto contribuiu com a economia de mais de 150 toneladas de CO2, equivalente ao plantio de mais de 1.100 árvores e, no último domingo, registramos um recorde histórico de mais de 5 mil viagens em um único dia”, comenta Minorello.

No Marco Zero, há um encontro às 8h para estimular as pessoas sobre o uso da bicicleta no cotidiano e reforçar a necessidade de reduzir a emissão dos gases poluentes. A ideia foi tomada pela vice-prefeita do Recife, Isabella de Roldão, que convidou secretários municípios a irem pedalando até a Prefeitura. 

"O Dia Mundial Sem Carro é mais uma data simbólica para refletirmos sobre as nossas escolhas, que têm impacto na nossa cidade e no planeta. Quando priorizamos o transporte coletivo e optamos pela mobilidade ativa por bicicleta, diminuindo a quantidade de carros na rua, estamos contribuindo diretamente para que o Recife atinja a meta de zerar carbono até 2050. Com ações ousadas e inovadoras, vamos fazer da nossa cidade a capital da sustentabilidade no Brasil", ressalta a vice-prefeita Isabella de Roldão.

A nova etapa da Ciclofaixa Professor Josias de Albuquerque será implantada na Avenida Treze de Maio, na imediação entre a Rua Frei Cassimiro e a Avenida Norte, em Santo Amaro. O equipamento seguirá, ainda, pelas ruas Buarque de Macedo, Leão Falcão e Barão de Igarassu, garantindo, assim, a conexão entre a Ciclovia Via Norte e o Eixo Cicloviário Camilo Simões. 
 
A nova rota terá 1 km de extensão e completará um total de 73 km interligados entre o Centro e a Zona Norte do Recife. O Recife passará a ter 159 km de rota cicloviária no total.

A continuidade do equipamento, entre a Rua Frei Cassimiro e a interligação com a Ciclovia Jornalista Graça Araújo, na Avenida Mário Melo, será requalificada como um equipamento bidirecional. A decisão foi tomada para aumentar a segurança viária dos ciclistas e facilitar ainda mais a conexão com a Ciclovia Jornalista Graça Araújo, na Avenida Mário Melo. 

Em 2019, a capital pernambucana foi eleita a quarta cidade com a rede cicloviária mais acessível do Brasil em um índice do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP).

Urbanismo tático
Entre 2017 e 2020, foram registrados quatro sinistros de trânsito com vítimas próximo à área da Rua Frei Cassimiro, e, por esse motivo, o projeto foi desenvolvendo estratégias para induzir a redução de velocidade no local e ampliar a área de pedestres.

O uso de urbanismo tático tem sido um método utilizado para redução de acidentes de trânsito no Recife. Ao todo, já são mais de 350 mil pessoas beneficiadas com as intervenções, que já somam mais de 30 áreas. De acordo com as notificações da CTTU, ocorreu redução de 41% de sinistros com vítimas após as intervenções. 
 

Veja também

Show de dupla sertaneja é interrompido após palco pegar fogo em SP
Susto

Show de dupla sertaneja é interrompido após palco pegar fogo em SP

MEC prepara projeto para criar cinco universidades em redutos do centrão
Educação

MEC prepara projeto para criar cinco universidades em redutos do centrão