Notícias

Distrito Federal começa testagem em massa para coronavírus

As ações serão feitas no sistema de drive thru

Coronavírus no BrasilCoronavírus no Brasil - Foto: DANIEL CASTELLANO / AFP

O Distrito Federal vai começar uma testagem em massa para detectar casos da Covid-19. As ações serão feitas no sistema de drive thru, com os testes realizados dentro dos próprios veículos dos interessados. Os testes vão começar nesta terça-feira, data do aniversário de fundação de Brasília.

Leia também:
Covid-19 atinge mais de 40 mil e causa 2.575 mortes no Brasil
Suspender confinamento antes da hora pode inviabilizar programa de testes, diz OCDE

Inicialmente, os exames vão acontecer no Plano Piloto e em Águas Claras. Serão seis postos montados para a ação: na Unieuro e na Uniplan, ambas em Águas Claras; na residência do governador, no estádio Mané Garrincha e em estacionamentos do Parque da Cidade, em Brasília. O atendimento será das 8h às 17h. A Secretaria da Saúde do Distrito Federal informou que 100 mil testes serão realizados nessa primeira etapa. Será dada preferência para pessoas que estejam com sintomas de gripes, incluindo febre, há pelo menos uma semana.

Todos os interessados serão cadastrados na entrada do drive thru e terão suas temperaturas verificadas pelo Corpo de Bombeiros, através de câmeras térmicas. Aqueles que não apresentarem sintomas, não poderão realizar o teste. A secretaria também informou que vai realizar dois tipos de teste -de acordo com avaliação no local. As pessoas que realizarem o teste sanguíneo terão o resultado informado após 30 minutos. Os resultados do teste chamado swab, com coleta do material a ser analisado da garganta e nariz do paciente, sairão em até 48 horas.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Pernambuco tem mais de 400 desabrigados após chuvas fortes, diz Codecipe
Chuvas

Pernambuco tem mais de 400 desabrigados após chuvas fortes, diz Codecipe

Autora de "Como matar seu marido" é declarada culpada pelo assassinato de cônjuge nos EUA
ESTADOS UNIDOS

Autora de "Como matar seu marido" é declarada culpada pelo assassinato de cônjuge nos EUA