Dois adolescentes são apreendidos por duplo homicídio em Jaboatão

Crimes ocorreram em fevereiro e maio deste ano, e apreensões ocorreram, nesta semana, em Tejipió, na Zona Norte do Recife

Dois adolescentes de 16 anos foram apreendidos suspeitos de matar dois homens em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Os crimes ocorreram em fevereiro e maio deste ano. As apreensões foram realizadas na última quarta (30) e quinta-feira (31), no bairro de Tejipió, na Zona Oeste do Recife. De acordo com o delegado Alberes Félix, as mortes têm ligação com uma disputa pelo controle do tráfico de drogas em Jaboatão.

O delegado explicou os adolescentes foram aliciados por adultos para traficar drogas no bairro de Cavaleiro, em Jaboatão, e acabaram entrando em dois confrontos com grupos rivais. A primeira morte ocorreu no dia 5 de fevereiro, no Alto do Cristo, quando um traficante rival chamado João Lucas, conhecido como Geladeira, morreu. Um dos jovens foi ferido com um tiro de raspão.

A segunda morte ocorreu três meses depois, no dia 5 de maio, no Alto São Sebastião, quando um comparsa de João Lucas foi assassinado. Na ocasião, Daniel Ferreira Barbosa da Silva, que integrava o grupo dos adolescentes, acabou morrendo na troca de tiros.

Os dois jovens são suspeitos de serem os autores do duplo homicídio. “Após diligências na área, a gente apreendeu os menores. Um deles no dia 30 e, depois, ficou mais fácil prender o outro. Eles confessaram que estavam nos crimes, mas negaram que atiraram nas vítimas. O Denarc [Departamento de Repressão ao Narcotráfico] está investigando a questão do tráfico, e o DHPP [Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa] está investigando as mortes”, explicou o delegado. Os adolescentes foram encaminhados Centro de Internamento Provisório (CENIP).

Leia também:
Comerciante é preso com 1 kg de skank em Paulista
PM apreende 15 kg de maconha próximo à universidade
Dois morrem e um fica ferido em térreo de residencial invadido em Rio Doce

Veja também

Pandemia reduziu migração mundial em 30%, aponta ONU
Mundo

Pandemia reduziu migração mundial em 30%, aponta ONU

Familiares buscam cilindros de oxigênio salvar pacientes em Manaus
Pandemia

Familiares buscam cilindros de oxigênio salvar pacientes em Manaus