mundo

Dois combatentes palestinos morrem em incursão israelenses em Nablus

Incursão israelense ocorre no auge da escalada de tensões no conflito

Enlutados carregam o corpo de Khairi Shaheen, um dos dois palestinos mortos pelas forças israelenses durante um ataque militarEnlutados carregam o corpo de Khairi Shaheen, um dos dois palestinos mortos pelas forças israelenses durante um ataque militar - Foto: Zain Jaafar / AFP

Dois membros de um grupo armado palestino morreram nesta sexta-feira (7) em uma incursão militar israelense em Nablus, no norte da Cisjordânia ocupada, informaram fontes israelenses e palestinas.

"Dois palestinos morreram, e três ficaram feridos, após a agressão da ocupação em Nablus", anunciou o Ministério palestino da Saúde em um comunicado.

Eles foram identificados como Khairi Shaheen, de 34 anos, e Hamza Maqbul, de 32 anos, acrescentou a nota.

A Frente Popular para a Libertação da Palestina (PFLP) afirmou, em um comunicado, que eram dois de seus combatentes e que, na quarta-feira (5), participaram de um ataque anti-israelense ao sul de Nablus.

Um fotógrafo da AFP viu o corpo de um deles em um hospital da cidade.

O Exército israelense indicou, por sua vez, que realizou "uma operação antiterrorista conjunta" em Nablus com o Shin Beth (segurança interna) e a polícia de fronteira para prender Shaheen e Maqbul.

Ambos eram "suspeitos de um ataque a tiros contra um veículo policial" na quarta-feira perto do assentamento de Har Brakha, ao sul de Nablus.

"Os dois terroristas morreram num tiroteio" com as forças de segurança, acrescentaram as Forças Armadas em comunicado.

Esta incursão israelense ocorre no auge da escalada de tensões no conflito.

Um soldado israelense foi morto na quinta-feira (6) em um ataque palestino no norte da Cisjordânia, ocupado por Israel desde 1967.

O movimento palestino islâmico Hamas, que assumiu a responsabilidade pelo ataque, disse que foi uma "resposta" à sangrenta incursão militar israelense no campo de refugiados de Jenin nesta semana, que deixou 12 palestinos e um israelense mortos.

Desde o início do ano, a violência associada a este conflito deixou pelo menos 192 mortos palestinianos, 27 israelenses, um ucraniano e um italiano, segundo um balanço da AFP a partir de fontes oficiais.

Veja também

Cachorro mais alto do mundo é reconhecido pelo "Guinness"; veja altura e imagens
FOLHA PET

Cachorro mais alto do mundo é reconhecido pelo "Guinness"; veja altura e imagens

Deslizamento de terra deixa seis mortos em zona turística do Equador
Tragédia

Deslizamento de terra deixa seis mortos em zona turística do Equador

Newsletter