Dois restaurantes brasileiros entram na lista das 2 estrelas Michelin

Outros espaços também foram condecorados com uma estrela do Guia Internacional

Felipe Bronze, do Oro, e Ivan Ralston, do Tuju, entraram na lista duas estrelas Felipe Bronze, do Oro, e Ivan Ralston, do Tuju, entraram na lista duas estrelas  - Foto: Divulgação

Por três edições, o D.O.M, do chef Alex Atala, era o único estabelecimento brasileiro classificado com duas estrelas Michelin no Brasil. Agora, com o anuncio dos restaurantes que integram a edição brasileira do guia de 2018, tanto o paulistano Tuju, de Ivan Ralston, quanto o carioca Oro, de Felipe Bronze, também receberam a honraria.

Desde 2015, quando o Guia Michelin foi lançado no Brasil, o Tuju ostentava uma estrela por comida contemporânea trabalhada a partir de ingredientes sazonais. Naquele mesmo ano, o estabelecimento do chefe e apresentador Felipe Bronze também foi condecorado com uma estrela, mas, em 2016, ficou de fora da lista, e, no ano passado, reconquistou a estrela para a sua cozinha na brasa.

A lista também conta com os veteranos Dalva e Dito, Esquina Mocotó, Fasano, Hitô, Jun Sakamoto, Kan Suke, Kinoshita, Kosushi, Manó, Picchi e Tetê a Tetê. Nenhum restaurante brasileiro, contudo, tem a classificação máxima da gastronomia global, as desejadas três estrelas Michelin.

Veja também

Novo apagão atinge cidades do Amapá
BLECAUTE

Novo apagão atinge cidades do Amapá

Brasil aplica mais de 1,7 milhão de vacinas contra Covid em 24h
MARCA

Brasil aplica mais de 1,7 milhão de vacinas contra Covid em 24h