Reconhecimento

Dom Hélder Câmara recebe título de Patrono dos Direitos Humanos de Pernambuco

Líder religioso já havia sido declarado como Patrono Brasileiro dos Direitos Humanos em 2017

Destaque na luta dos direitos humanos, Dom Hélder Câmara acumula diversas homenagensDestaque na luta dos direitos humanos, Dom Hélder Câmara acumula diversas homenagens - Foto: Evelson de Freitas/Folhapress

Dom Hélder Câmara (1909-1999) recebeu da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), nesta terça-feira (11), o título de Patrono dos Direitos Humanos de Pernambuco. A Lei nº 17.006, que reconhece a honraria, é de autoria do primeiro-secretário da Alepe e deputado estadual Clodoaldo Magalhães (PSB) e já foi sancionada pelo governador Paulo Câmara. 

O líder religioso já havia sido declarado como Patrono Brasileiro dos Direitos Humanos, em dezembro de 2017, através da Lei Federal nº 13.581. Faltava, no entanto, o reconhecimento estadual. Dom Hélder Câmara nasceu em Fortaleza (CE), em 1909 e se destacou por sua luta em prol dos pobres e do povo pernambucano.

Dom Hélder entrou para o Seminário da Prainha de São José aos 14 anos. No local, cursou Filosofia e Teologia. Em 1931, aos 22, foi ordenado como sacerdote e, em 1952, transferido para o Rio de Janeiro, onde viveu e evangelizou por 28 anos.

Nesta época, Dom Hélder desenvolveu obras sociais, fundou a Cruzada São Sebastião e o Banco da Província com o objetivo de atender os mais carentes. Ainda em 1952, já bispo católico, participou da fundação da conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Em Pernambuco, Dom Hélder foi nomeado o 6° arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife, em 1964, título que manteve até 1985. O líder religioso também instituiu o “Movimento Encontro de Irmãos”, o “Banco da Providência” e a “Comissão de Justiça e Paz”. Em sua trajetória, acumulou prêmios internacionais, como o Prêmio Martin Luther King, nos Estados Unidos, e o Prêmio Popular da Paz, na Noruega. Em 1972, Dom Hélder foi o brasileiro por com mais indicações ao Nobel da Paz. Foram quatro no total.

 

 

 

Veja também

Madri entra em choque com governo central por estratégia contra novo pico de Covid
Coronavírus

Madri entra em choque com governo central por estratégia contra novo pico de Covid

No Dia Nacional do Rádio, profissionais revelam como aliar tecnologia à antiga forma de comunicar
Educa Mais Brasil

No Dia Nacional do Rádio, profissionais revelam como aliar tecnologia à antiga forma de comunicar