Notícias

DS87 conta dificuldade em enfrentar adversários "retrancados"

Meia do Sport comentou sobre o início de temporada do clube, além dos objetivos pessoas no ano

Diego Souza comemora golDiego Souza comemora gol - Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

Mesmo estando invicto na temporada, o Sport tem encontrado dificuldades neste começo de ano. Seja no Pernambucano, Copa do Brasil ou na Copa do Nordeste, o time rubro-negro, em oito jogos, só balançou a rede mais de uma vez em uma partida contra o Central e contra o CSA.

Ídolo da torcida do Leão, o meio-campista Diego Souza comentou sobre o início de ano com vários "obstáculos" no Sport. "As pessoas têm que entender que a gente é obrigado a construir todos os jogos. As equipes jogam atrás da linha da bola contra o Sport. Isso dificulta. É sempre difícil para que realmente tem que dar as cartas. A gente está procurando entrosar o mais rápido possível para furar esse tipo de bloqueio", falou.

Para o jogador, é mais importante que o time esteja em sintonia na reta final dos campeonatos. "Na hora que tiver que ganhar a gente vai ganhar. O mais importante é semifinal e final", comentou.

Com 38 gols marcados pelo Leão e convocado para a seleção brasileira, Diego disse que pretende chegar ao 50º até o fim do ano. Porém, ele relata que os objetivos do Sport estarão sempre à frente. "Minha preocupação é poder ajudar, estar ganhando os jogos. Se for com gols meus, melhor. Mas se não for que eu possar estar ajudando com assistência ou alguma coisa parecida", disse ele.

O Sport, de Diego, entra em campo na próxima quarta-feira (22) pela Copa do Brasil contra o Sete de Dourados-MS, às 21h45 na Ilha do Retiro.

Veja também

Termina hoje prazo para recusar nomeação como mesário
Eleições 2022

Termina hoje prazo para recusar nomeação como mesário

Cerca de 35 mil professores devem receber precatórios do Fundef em agosto
Educação

Cerca de 35 mil professores devem receber precatórios do Fundef em agosto; veja como conferir