Chuvas

Em 48 horas, Recife acumula quase 80% da chuva prevista para todo o mês de maio

Prefeitura orienta a população a evitar sair de casa

Agamemon na altura do Santo Amaro sentido OlindaAgamemon na altura do Santo Amaro sentido Olinda - Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

O Recife registrou, nas 48 horas contadas até 7h desta quarta-feira (25), 258 milímetros de chuva, equivalente a quase 80% do previsto para todo o mês de maio, que são 328,90 mm.

Segundo a Defesa Civil do Recife, das 17h da terça (24) às 5h desta quarta (25) foram 78 chamados da população, entre pedidos de vistoria e solicitações de lonas - nenhum grave.

A população pode acionar a Defesa Civil da capital pernambucana pelo telefone 0800.081.3400.

As aulas da rede municipal de ensino estão suspensas nesta quarta.

A prefeitura orienta a população a evitar deslocamentos na cidade no momento, diante do forte temporal que cai sobre a cidade. 

Equipes da Defesa Civil acompanham a situação das áreas de morro da cidade e a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) monitora e orienta sobre os pontos com alagamentos. 

Entre 0h e 5h30 desta quarta-feira (25) não foram registrados sinistros de trânsito com vítimas. Há técnicos trabalhando para realizar os ajustes necessários na rede semafórica. Nesse período foram identificados sete semáforos com mau funcionamento. As equipes já estão nas ruas para os devidos reparos.

Infraestrutura e Autarquia de Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) estão mobilizadas para as demandas de poda e retirada de árvores, além de serviços de desobstrução da rede de drenagem.

Segundo a Emlurb, foram registradas três ocorrências com árvores e queda de galhos durante a noite e madrugada de hoje. Todas já concluídas.

Veja também

Alimentos úmidos: mais hidratação e nutrição na dieta de um pet
Folha Pet

Alimentos úmidos, como sachês e patês, fornecem mais hidratação e nutrição

Rússia quer conectar usina de Zaporizhzhia à Crimeia, diz operador ucraniano
Guerra

Rússia quer conectar usina de Zaporizhzhia à Crimeia, diz operador ucraniano