JABOATÃO

Jaboatão oferece acolhimento psicológico on-line

Os interessados deverão ligar para a central de atendimento por meio do telefone (81) 99937-3569 ou mandar uma mensagem pelo WhatsApp para realizar a consulta

Já foram realizados mais de 1.200 atendimentosJá foram realizados mais de 1.200 atendimentos - Foto: Chico Bezerra/PJG

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, oferta à população o serviço de teleatendimento psicológico gratuito. Os atendimentos são realizados de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h e são destinados aos residentes do município que estão com crises de ansiedade, depressão e outros problemas relacionados ao distanciamento social. Os interessados deverão ligar para a central de atendimento por meio do telefone (81) 99937-3569 ou mandar uma mensagem pelo WhatsApp para realizar a consulta.

Para realizar a escuta são solicitados nome completo, endereço e número do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Os atendimentos também acontecem de forma anônima. As sessões são feitas de duas formas. Por videochamada, -podendo serem utilizados os aplicativos como o WhastsApp ou Skype-, ou por ligação direta. São 15 psicólogos que se revezam para suprir a demanda de ligações.

Desde 30 de março, o serviço foi inaugurado no município. Até então, já foram feitos mais de 1.200 atendimentos. As principais queixas identificadas no plantão psicológico são de pessoas que temem a contaminação pelo coronavírus, distúrbios de sono e apetite, dificuldades de concentração, preocupações financeiras, crises conjugais, medo de perder entes queridos, luto e ideações suicidas.

Com a mudança brusca na rotina, uns dos motivos para o teleatendimento psicológico são os afastamentos de amigos e familiares, mortes de pessoas próximas e até mesmo a demissão do emprego. A procura pelo serviço tem sido intensificada por profissionais da área de saúde, profissionais da área de segurança como os bombeiros, seguranças e guarda municipais.

"Alguns casos podem ser encaminhados para os Centros de Atenção Psicossocial do município", explica a coordenadora de Saúde Mental da Prefeitura do Jaboatão, Paula Pereira.

Veja também

Brasil terá maior fábrica de vacinas da América Latina
Vacina

Brasil terá maior fábrica de vacinas da América Latina

Senado aprova uso de recursos para compra de máscaras e álcool
notícias

Senado aprova uso de recursos para compra de máscaras e álcool