EM APURAÇÃO - NÃO LIBERAR - Operação cumpre mandados no Recife sobre suposta fraude em licitações da

Segundo a polícia, há indícios de existência de uma organização criminosa envolvida na prática do crime

Gaeco/MPPEGaeco/MPPE - Foto: Priscilla Buhr/AMCS

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou nesta quarta-feira (3) a Operação Inópia, que investiga supostas fraudes em licitações para recursos públicos destinados ao combate à Covid-19. Segundo informações preliminares, há indícios da existência de uma organização criminosa envolvida na prática do crime.

Estão sendo cumpridos ao todo cinco mandados de busca e apreensão. Três são no Recife e em Paudalho, na Zona da Mata Sul, e outros dois em Goiás e no Distrito Federal. As ordens judiciais foram expedidas pela Vara de Crimes contra a Administração Pública e Ordem Tributária.

Leia também:
Covid-19: Pernambuco tem novo recorde diário de curas
PF investiga irregularidades em licitações feitas pela PCR na compra de respiradores


A Polícia Civil ainda não divulgou os alvos da operação. Uma coletiva de imprensa está marcada para esta quinta-feira (4) para informações sobre a operação. Na ocasião serão detalhadas as investigações e o resultados das buscas desta quarta.

A ação conta com o apoio da Polícia Federal, Controladoria Geral da União e Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado do Ministério Público de Pernambuco (Gaeco/MPPE).

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

Veja também

Codecipe registra seis desalojados e sete desabrigados após chuvas do fim de semana
Chuvas

Codecipe registra seis desalojados e sete desabrigados após chuvas do fim de semana

Bolsonaro diz que Fiocruz entrega mais 18 milhões de vacinas esse mês

Bolsonaro diz que Fiocruz entrega mais 18 milhões de vacinas esse mês