OLINDA

Olinda inicia atendimentos de auriculoacupuntura

Serviço no Núcleo de Fisioterapia começa nesta quarta-feira. Mais duas unidades no município vão oferecer a terapia

Serão feitos 60 atendimentos semanais em todas as três unidadesSerão feitos 60 atendimentos semanais em todas as três unidades - Foto: Divulgação/ Olinda

A Prefeitura de Olinda passa a oferecer o serviço de saúde chamado de auriculoacunpuntura. Indicado por encaminhamento médico, a terapia não possui restrição e é aberta para os residentes do município. O atendimento feito por três fisioterapeutas, funciona a partir desta quarta-feira (8) no Núcleo de Fisioterapia de Ouro Preto, das 7h às 11h. Em Águas Compridas o atendimento começa na quinta-feira (9).  E em Bairro Novo, no Centro de Reabilitação de Olinda (Cro), os atendimentos iniciam na terça-feira (14).

Serão feitos 60 atendimentos semanais, 20 fichas serão destinadas para cada unidade, um dia por semana. As sessões tem duração de 30 minutos cada. Para ser atendido em uma das unidades, são necessários a guia de encaminhamento para as sessões e também o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). As marcações são feitas presencialmente nas próprias unidades. 

O Cro fica localizado na rua professor José Cândido Pessoa, 1216, em Bairro Novo. Os dois núcleos funcionam também com marcações individuais, o de Águas Compridas fica na Estrada de Águas Compridas, s/n (ao lado da USF Águas Compridas I e II) e o de Ouro preto fica localizado na Rua Baobá, sem número.

A técnica usada nas sessões de auriculoacupuntura é praticada na China a milhares de anos. Consiste em estimular pontos nas orelhas dos pacientes. Nas sessões, ao invés de normalmente usarem agulhas para estimular os pontos, os profissionais irão usar sementes de mostarda.

"Antes de começar o tratamento é feita uma avaliação inicial, na qual sondamos as queixas do paciente, procuramos saber também se ele tem alguma comorbidade (doença associada)", disse a fisioterapeuta e também coordenadora do projeto de auricolaterapia, Carmem Cavalcanti.

O trabalho faz parte de um projeto que prevê a implantação de outros ambulatórios na rede municipal. Na primeira semana de agosto começam as sessões de Fisioterapia Vascular e, na segunda semana, Osteopatia. Todos os 17 fisioterapeutas do município recebem capacitação.

Veja também

Pazuello lamenta mortes por covid- 19 e destaca necessidade de acompanhamento médico
Coronavírus

Pazuello lamenta mortes por covid- 19 e destaca necessidade de acompanhamento médico

Mais de 3 milhões de brasileiros infectados pelo novo coronavírus
Coronavírus

Mais de 3 milhões de brasileiros infectados pelo novo coronavírus