[EM APURAÇÃO] Professora Fernanda Bérgamo e o esposo Ivanildo Holanda visitam a Folha de Pernambuco

Bastante emocionada, Fernanda conta da relação de amizade que o marido tem com o Diretor Operacional da Folha, José Américo Lopes Góis

José Américo recebe, na Folha de Pernambuco, o publicitário Ivanildo Holanda e a professora Fernanda BérgamoJosé Américo recebe, na Folha de Pernambuco, o publicitário Ivanildo Holanda e a professora Fernanda Bérgamo - Foto: Caio Danyalgil/Folha de Pernambuco

A Folha de Pernambuco recebeu na manhã desta quinta-feira (3) a visita da professora de redação Fernanda Bérgamo e do esposo, o publicitário Ivanildo Holanda. Durante uma conversa bastante descontraída e afetuosa, Fernanda contou sobre a relação de amizade que o marido dela tem com o Diretor Operacional da Folha, José Américo Lopes Góis.

“Eu ouvi falar a vida inteira sobre o Dr. Américo, e quando Ivanildo disse que eu iria conhecê-lo, fiquei profundamente emocionada. Eu escuto falar dele há mais de duas décadas e somente hoje estou conhecendo pessoalmente. Ele é uma pessoa extremamente marcante, e não é apenas na história de Pernambuco, mas na história da comunicação nacional. Estou muito emocionada e lisonjeada em conhecê-lo”, afirmou.

Leia também:
Enem 2019 ocorre em um mês; locais de prova serão divulgados no dia 16/10
A um mês do Enem, escolas contam como contornam ansiedade de alunos
Feras precisam superar desânimo para as próximas provas

A professora disse ainda que a longa amizade de Dr. Américo com seu esposo Ivanildo revelou características em comum entre os dois. “Ivanildo comentou sobre grandes trabalhos e as boas relações que Dr. Américo faz inclusive com pessoas que são adversárias. Ele pode até não concordar com o posicionamento do outro, mas é extremamente respeitoso, e essa também é uma característica de Ivanildo profissionalmente. Eles são muito parecidos da forma que cada um, dentro da sua área, trata a atividade profissional que executa”, contou.

Bérgamo destacou, ainda, a admiração pessoal e profissional que tem sobre a postura de Dr. Américo como diretor da Folha de Pernambuco. “Ter Dr. Américo como referência me toca especialmente como professora de língua portuguesa pelo cuidado e decência que ele tem em relação à boa comunicação. Ele sabe o poder que a palavra tem. Ele sabe que uma palavra mal posicionada pode ferir e destruir uma relação e eu acho que isso se reflete na equipe, na Folha de Pernambuco, e na história de vida desse grande profissional que ele é”, relatou.

Fernanda Bérgam, que atua há 30 anos como professora, revelou também que é formada em arquitetura pela Universidade Federal de Pernambuco, mas que sempre foi apaixonada pela língua portuguesa.

“No curso de arquitetura, eu tive o privilégio de conhecer Ariano Suassuna como professor de estética. Eu ficava atrás dele o tempo todo. Um dia, ele perdeu a paciência comigo e disse 'Você é um peixe fora d’água e tem que procurar um curso que mate essa sua sede de cultura e isso você não vai encontrar aqui em arquitetura'. Então eu disse que não poderia pagar um curso particular, e, na semana seguinte, ele trouxe por escrito os valores das mensalidades dos cursos de letras e pedagogia de duas universidades e disse, em seguida, que quem quer dá um jeito", relembrou a professora.

"Logo depois desse momento, comecei a estudar letras e há 30 anos preparo estudantes para o vestibular, concursos e Enem. Apresento palestras de comunicação eficiente no ambiente profissional para várias empresas e me sinto uma profissional realizada porque faço o que amo”, continuou o relato, emocionada.

Durante a visita, Dr. Américo presenteou o casal com dois livros sobre o maracatu, escritos pela pesquisadora Maria Alice Amorim, em uma edição especial da Editora Folha de Pernambuco.

Veja também

Nova York em alerta por aumento acentuado na taxa de infecção por coronavírus
internacional

Nova York em alerta por aumento acentuado na taxa de infecção por coronavírus

STF revoga prisão de enfermeira acusada de realizar abortos em Minas
justiça

STF revoga prisão de enfermeira acusada de realizar abortos em Minas