COELHOS

Moradores do bairro do Coelhos protagonizam vídeos educativos contra a Covid-19

Projeto visa conscientizar a população sobre o coronavírus com conteúdos audiovisuais

Projeto visa conscientizar a população sobre o coronavírus com conteúdos audiovisuaisProjeto visa conscientizar a população sobre o coronavírus com conteúdos audiovisuais - Foto: Divulgação

Localizado no bairro dos Coelhos, o projeto Em Cena Arte e Cidadania recebeu o convite da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para lançar nesta terça (9), seis vídeos educativos contra Covid-19 protagonizados pelos próprios moradores da comunidade.  

O primeiro vídeo a ser lançado com o tema “Vacina Sim, Boato Não”, abordará os boatos e verdades sobre a vacina da Covid. Jonata Santos, enfermeiro da linha de frente do Hospital Otávio de Freitas e morador do bairro dos Coelhos, participou da gravação deste vídeo, e ficou muito feliz ao saber que o projeto recebeu o convite da Fiocruz. “Ser convidado para participar de um vídeo da Fiocruz é saber que estou no caminho certo, que através dos meus conhecimentos eu posso contribuir cada vez mais para a melhoria na qualidade de vida das pessoas. É uma honra poder ajudar e diminuir o sofrimento das pessoas diante de uma pandemia. Quem mora em periferia não tem tanto acesso à informação, então através da minha profissão de enfermeiro, consigo levar informações e cuidado às pessoas da comunidade”, afirma. O lançamento acontecerá no Instagram da instituição, o @emcenarecife, às 17h.  

Em 2020, foram lançados seis vídeos no Instagram abordando algumas formas de prevenção contra a Covid, como o uso da máscara e o distanciamento social. Eles utilizam situações comuns do dia a dia como a ida ao trabalho ou à igreja, por exemplo, para trazer o conteúdo de forma acessível e bem-humorada. “Os vídeos nasceram de pesquisas feitas na comunidade dos coelhos sobre as dúvidas em relação a Covid”, afirma Betânia Gonçalves, coordenadora executiva do projeto.

O Em Cena atua desde 1999 na comunidade dos Coelhos, no Centro do Recife, contribuindo com a formação artística, cultural e cidadã de crianças entre quatro e dez anos. Atualmente o projeto atende cerca de 40 crianças, promovendo aulas de criatividade. Por conta da pandemia, as aulas presenciais foram suspensas, e a previsão para o retorno é no dia 12 de março.

 

Veja também

Em dois anos Brasil apreende 114 milhões de maços de cigarro oriundo de contrabando
Fiscalização

Em dois anos Brasil apreende 114 milhões de maços de cigarro oriundo de contrabando

Mortes de grávidas e puérperas por Covid-19, no Brasil, dobram em 2021
Pandemia

Mortes de grávidas e puérperas por Covid-19, no Brasil, dobram em 2021