CORONAVÍRUS

Em meio à alta de casos de Covid em Pernambuco, menos de 13% da população recebeu vacina bivalente

SES-PE ressalta que o estoque no Estado está "normalizado"

Vacina bivalente contra a Covid-19Vacina bivalente contra a Covid-19 - Foto: Ikamahã / Prefeitura do Recife

Enquanto o total de casos de Covid-19 disparou em um intervalo de pouco mais de um mês, saltando de 89 para 776 casos semanais, a cobertura vacinal da dose bivalente, que protege contra a cepa original e a variante ômicron do vírus, segue baixa em Pernambuco.

Os dados mais recentes da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) indicam que apenas 12,86% da população recebeu a vacina bivalente, o que corresponde a 1.030.051 de doses aplicadas. A pasta ressalta que o estoque do imunizante no Estado está "normalizado".

A dose de vacina bivalente pode ser aplicada na população com 18 anos e mais que tenham recebido ao menos duas doses da vacina monovalente contra o Sars-CoV-2. Adolescentes a partir de 12 anos com comorbidades também podem tomar a dose como reforço, desde que tenham tomado duas doses ou mais da vacina bivalente. Estão elegíveis para receber a bivalente no Estado 8.077.984 pessoas.

Desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19 em Pernambuco, em 18 de janeiro de 2021, um total de 24.644.086 doses foram aplicadas, sendo:

- 8.788.356 primeiras doses (92,42% de cobertura);
- 8.094.376 segundas doses (85,12%);
- 4.881.368 doses de reforço (51,33%);
- 1.573.787 segundas doses de reforço (52,00%);
- 53.647 terceiras doses de reforço (34,59%);
- 1.030.051 doses bivalentes (12,86%).

CoronavírusÚltimo trimestre do ano não é período de risco de vírus respiratórios, segundo a SES-PE, mas aumento pode ser explicado por aglomerações em feriados e relaxamento nas medidas de proteção (Foto: Pixabay)

Aumento de casos
A SES-PE observou a tendência de aumento de casos de Covid-19 nas últimas cinco semanas. Na semana epidemiológica 44 do ano, período de 29 de outubro a 4 de novembro, foram contabilizados 89 casos da doença. Na semana 45, de 5 a 11 de novembro, o total mais do que dobrou, subindo para 191 casos

Os diagnósticos positivos seguiram escalando para 327 casos na semana 46 (12 a 18 de novembro); 577 casos na semana 47 (19 a 25 de novembro); e 776 casos na semana 48 (26 de novembro a 2 de dezembro).

A positividade das amostras analisadas também aumentou ao longo dessas cinco semanas: 3,8% na semana 44; 5,2% na semana 45; 9,7% na semana 46; 14,5% na semana 47; e 16,6% na semana 48. 

"A SES-PE ressalta que aproximadamente 97% dos casos se configuram como leves até o momento, para os quais, em geral, não é necessária internação", complementa a secretaria. 

O número de casos graves subiu de 3 na semana 44 para 13 na semana 45. Na semana 46, o total recuou para 4 e voltou a subir na semana 47, com 19 confirmações. Na semana 48, a SES-PE já contabiliza 15 casos graves.

Segundo a SES-PE, apesar do último trimestre do ano não ser considerado um período de alto risco para transmissão de vírus respiratórios no Estado, o aumento de casos pode ser resultado da "maior intensidade de aglomeração e circulação de pessoas, bem como do relaxamento da adoção de medidas de prevenção não farmacológicas como higienização das mãos, uso de máscaras diante da presença de sintomas respiratórios".

"Mesmo não tendo havido registro, até o momento, de novas variantes da Covid-19 em Pernambuco, a identificação em estados vizinhos de novas subvariantes inéditas no Brasil (JN.1 e BA.2.86.1) também pode ser responsável pela elevação de casos no estado", acrescentou a secretaria.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Folha de Pernambuco (@folhape)

 

Veja também

Advogado de 77 anos mata eletricista no bairro de Parnamirim, na Zona Norte do Recife
Homicídio

Advogado de 77 anos mata eletricista no bairro de Parnamirim, na Zona Norte do Recife

'Quem vai me chamar de mãe agora?', diz palestina que perdeu bebês gêmeos em bombardeio em Gaza
GUERRA NO ORIENTE MÉDIO

'Quem vai me chamar de mãe agora?', diz palestina que perdeu bebês gêmeos em bombardeio em Gaza