Em PE, mulher é presa suspeita de desviar R$ 1,5 milhão de empresa

Segundo a polícia, ex-funcionária realizou uma série de desfalques por meio de adulteração e reativação de vale alimentação

Delegado Ramon Teixeira, do GOEDelegado Ramon Teixeira, do GOE - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Uma mulher foi presa suspeita de desviar R$ 1,5 milhão dos cofres da empresa em que trabalhava por meio de práticas estelionatárias, em Pernambuco. Segundo a polícia, Ana Paula da Fonseca, 35 anos, realizou uma série de desfalques por meio de adulteração e reativação de vale alimentação. Ela era foragida da Justiça e foi detida na quinta-feira (27) da semana passada pelo Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil.

Os detalhes do caso foram apresentados, nesta quarta-feira (3), pelo delegado Ramon Teixeira, do GOE. A investigação apontou que Ana Paula havia sido demitida cerca de dois anos atrás, quando a empresa detectou a fraude. Trata-se de uma multinacional com operação em todo estado. O nome e o endereço do local onde ela trabalhava não foram divulgados.

O que levantou a suspeita sobre a ex-funcionária foram as viagens que realizava e a compra de automóveis de luxo. “Segundo informações, ela ganhava cerca de 2,5 mil, então toda essa aquisição de bens por ela se mostraram incompatíveis com o patrimônio”, explicou o delegado.

A mulher foi interrogada pelo GOE e se defendeu. “Ela alegou que havia sido vítima de supostos assédios morais na empresa e que essa seria uma forma de retaliação que encontrou”, complementou o delegado.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 6ª Vara Criminal da Capital. O passaporte da suspeita também foi recolhido atendendo a um pedido da Polícia Federal, respaldado em decretação judicial, por conta do eminente risco de fuga do país. Ela vai responder por crime de estelionato.

Veja também

Secretário de Saúde de Pernambuco critica entraves diplomáticos que afetam vacinação no Brasil
Covid-19

Longo critica entraves diplomáticos à vacina: "Não podem colocar em xeque a saúde dos brasileiros"

Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 22 milhões
Economia

Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 22 milhões