COVID-19

Em três dias, salta a ocupação das UTIs privadas para a Covid-19 em Pernambuco

No início da semana, índice estava em 70% e, nesta quinta (25), apresenta 84%

Paciente internado com Covid-19 recebe cuidados de enfermeiraPaciente internado com Covid-19 recebe cuidados de enfermeira - Foto: Silvio Almeida/AFP

Em três dias, a ocupação dos leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) exclusivos para a Covid-19 na rede privada de Pernambuco deu um salto de 14%.

Na última segunda-feira (22), 70% das 270 vagas estavam preenchidas, o equivalente a 189 pacientes internados. Nesta quinta (25), a ocupação é de 84%, em torno de 227 hospitalizados. Isso representa um acréscimo de mais de 35 internações em terapia intensiva no período.

Os leitos de enfermaria somam 156 e, no momento, a ocupação é de 38%.  

Na rede pública de saúde de Pernambuco, a ocupação atual das UTIs é de 89%, com 998 vagas totais. As enfermarias (937) têm 73% de ocupação. 

Interior
Algumas regiões do Estado apresentam situação mais delicada. Em parte da Zona da Mata Norte, do Agreste e do Sertão do Araripe, houve uma saturação da rede.

Na II Gerência Regional de Saúde, com sede em Limoeiro, no Agreste, houve um aumento de 100% no registro de casos graves nos últimos 15 dias, com todos os 20 leitos de UTI da região ocupados. 

A IV Geres, que tem sede em Caruaru, também no Agreste, apresentou aumento nos casos graves, com 99% de ocupação nas UTIs (108 leitos no total).

No Sertão do Araripe (IX Geres), a ocupação chegou a 98% nesta semana. 

“Observamos, ao longo da última semana, uma maior pressão sobre a rede de saúde, chegando, em alguns momento do dia, à marca de 90% de ocupação. Diante disto, o Comitê de Enfrentamento (à Covid-19) está avaliando a adoção de novas medidas restritivas nos próximos dias”, avisou o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, em entrevista concedida na tarde desta quinta-feira (25).

Ele disse ainda que o Governo de Pernambuco abrirá processo licitatório para contratação de leitos de UTI e enfermaria dedicados à Covid-19 na rede privada. A contratação será por um período de 90 dias, podendo ser prorrogada a depender da necessidade. 

A expectativa da SES-PE é contratar, em todo o Estado, 300 leitos de enfermaria, 150 leitos de UTI para adultos, além de 40 leitos de terapia intensiva pediátrica e neonatal.

Longo também informou que há uma perspectiva de abertura de novos leitos de UTI no Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa, em parceria com a Prefeitura do Recife, e no Hospital Memorial Guararapes, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife.

Veja também

Polícia equatoriana prende companheira de líder fugitivo do narcotráfico
equador

Polícia equatoriana prende companheira de líder fugitivo do narcotráfico

Justiça francesa condena filho de líder histórico do ETA, mas o isenta de cumprir pena
frança

Justiça francesa condena filho de líder histórico do ETA, mas o isenta de cumprir pena

Newsletter