COVID-19

Em três dias, salta a ocupação das UTIs privadas para a Covid-19 em Pernambuco

No início da semana, índice estava em 70% e, nesta quinta (25), apresenta 84%

Paciente internado com Covid-19 recebe cuidados de enfermeiraPaciente internado com Covid-19 recebe cuidados de enfermeira - Foto: Silvio Almeida/AFP

Em três dias, a ocupação dos leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) exclusivos para a Covid-19 na rede privada de Pernambuco deu um salto de 14%.

Na última segunda-feira (22), 70% das 270 vagas estavam preenchidas, o equivalente a 189 pacientes internados. Nesta quinta (25), a ocupação é de 84%, em torno de 227 hospitalizados. Isso representa um acréscimo de mais de 35 internações em terapia intensiva no período.

Os leitos de enfermaria somam 156 e, no momento, a ocupação é de 38%.  

Na rede pública de saúde de Pernambuco, a ocupação atual das UTIs é de 89%, com 998 vagas totais. As enfermarias (937) têm 73% de ocupação. 

Interior
Algumas regiões do Estado apresentam situação mais delicada. Em parte da Zona da Mata Norte, do Agreste e do Sertão do Araripe, houve uma saturação da rede.

Na II Gerência Regional de Saúde, com sede em Limoeiro, no Agreste, houve um aumento de 100% no registro de casos graves nos últimos 15 dias, com todos os 20 leitos de UTI da região ocupados. 

A IV Geres, que tem sede em Caruaru, também no Agreste, apresentou aumento nos casos graves, com 99% de ocupação nas UTIs (108 leitos no total).

No Sertão do Araripe (IX Geres), a ocupação chegou a 98% nesta semana. 

“Observamos, ao longo da última semana, uma maior pressão sobre a rede de saúde, chegando, em alguns momento do dia, à marca de 90% de ocupação. Diante disto, o Comitê de Enfrentamento (à Covid-19) está avaliando a adoção de novas medidas restritivas nos próximos dias”, avisou o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, em entrevista concedida na tarde desta quinta-feira (25).

Ele disse ainda que o Governo de Pernambuco abrirá processo licitatório para contratação de leitos de UTI e enfermaria dedicados à Covid-19 na rede privada. A contratação será por um período de 90 dias, podendo ser prorrogada a depender da necessidade. 

A expectativa da SES-PE é contratar, em todo o Estado, 300 leitos de enfermaria, 150 leitos de UTI para adultos, além de 40 leitos de terapia intensiva pediátrica e neonatal.

Longo também informou que há uma perspectiva de abertura de novos leitos de UTI no Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa, em parceria com a Prefeitura do Recife, e no Hospital Memorial Guararapes, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife.

Veja também

Laudo diz que Henry morreu ao menos 1 hora antes de ser tirado de apartamento
Caso Henry Borel

Laudo diz que Henry morreu ao menos 1 hora antes de ser tirado de apartamento

Brasil tem novo recorde de média diária de mortos pela Covid-19, acima de 3 mil
Pandemia

Brasil tem novo recorde de média diária de mortos pela Covid-19, acima de 3 mil