Emergência pediátrica do Hospital Dom Malan, em Petrolina, é interditada

Piso cede e está aberto buraco de, aproximadamente, três metros de profundidade, com dois metros de largura

Deputado estadual Aluísio Lessa (PSB) é o presidente da Comissão de Desenvolvimento da AlepeDeputado estadual Aluísio Lessa (PSB) é o presidente da Comissão de Desenvolvimento da Alepe - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O piso da emergência pediátrica do Hospital Dom Malan, em Petrolina, no Sertão pernambucano, cedeu na última quarta-feira (2), causando a interdição do setor. A extensão do buraco é aproximadamente três metros de profundidade com dois metros de largura.

A Fundação Imip Hospitalar, que administra o Dom Malan, informou que não houve feridos e que o local foi interditado para garantir a segurança dos pacientes e funcionários. Em nota, a assessoria de imprensa da unidade de saúde informou que "o ocorrido foi comunicado à Defesa Civil, à Secretaria Estadual de Saúde, que estão apurando as causas do incidente, e à Central de Regulamentação Interestadual de Leitos."

Ainda segundo a assessoria do Dom Malan, os pacientes foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas de Petrolina, sendo redirecionados para o hospital apenas os que precisam de internamento, já que o atendimento na emergência pediátrica foi suspenso. Ainda por meio de nota, a assessoria garantiu que "todas as providências estão sendo tomadas, com o objetivo de normalizar o atendimento com segurança o mais breve possível."

Veja também

Brasil registra mais 407 mortes por covid-19
Coronavírus

Brasil registra mais 407 mortes por covid-19

Burger King é interditado em Salvador após aglomerar com promoção de Dia das Bruxas
Bahia

Burger King é interditado em Salvador após aglomerar com promoção de Dia das Bruxas