Empresário pernambucano é preso por fraude na Paraíba

Suspeito responde pelos crimes de estelionato, apropriação indébita e falsidade ideológica.

Debate na Rádio FolhaDebate na Rádio Folha - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Um empresário do setor imobiliário foi preso por policiais civis da Delegacia Seccional de Olinda, Região Metropolitana do Recife, nesta segunda-feira (28). A prisão ocorreu na casa de praia do homem, em Jacumã, Paraíba. De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE), Aroaldo Noya Leal Neto responde pelos crimes de estelionato, apropriação indébita e falsidade ideológica.

Conforme a PCPE, o suspeito possui dois mandados de prisão preventiva contra ele, que estaria envolvido em vendas fraudulentas de imóveis.

Ainda segundo os policiais, ele teria prestado queixa na delegacia por ter “sido vítima de roubo” durante a compra de um apartamento, no valor de R$ 150 mil. Aroaldo teria pressionado para que houvesse uma solução, quando o golpe foi descoberto. O crime é investigado pelo delegado Breno Varejão, que acredita que pode haver outras vítimas.

Veja também

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica
América Latina

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro
Covid-19

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro