Colégio nóbrega

Encontro para celebrar centenário

O encontro deve começar ao meio-dia e não tem previsão para acabar.

Jorge Waquim é filósofo pela Universidade Paris Nanterre e tradutor. Jorge Waquim é filósofo pela Universidade Paris Nanterre e tradutor.  - Foto: Divulgação

 

O Colégio Manuel Nóbrega teve 89 anos de existência, mas ainda permanece vivo para antigos estudantes e funcionários. Para dar início às festividades dos cem anos da fundação, no próximo ano, acontece hoje o IX Encontro de ex-Alunos do Nóbrega que conta com a presença de ex-professores e equipe da instituição. Neste ano, a reunião contará com o show do cantor Silvinho Caldas, no Bar e Restaurante Barraco, no Pina, Zona Sul do Recife. O encontro deve começar ao meio-dia e não tem previsão para acabar.
“Alguns ficam para assistir uma partida de futebol, outros caem na pista de dança. Cada um celebra o máximo que pode e como pode”, descreve um dos ex-alunos, Luís Eduardo Travassos. No ano passado foram 140 pessoas. Em 2016, ele aposta que virão mais. “Algumas turmas que se reunião por fora estão preferindo vir ao encontro geral”, comenta. Em março do ano que vem, as celebrações devem se estender por três dias, a começar com uma solenidade no auditório da Unicap dia 17 de março. “Ainda estamos fechando a programação, mas teremos passeio ciclístico e missa no dia do centenário”, adianta.
O Colégio Nóbrega foi fundado pelos Jesuítas em 1917, em homenagem ao sacerdote português Manuel da Nóbrega. Seu principal lema é “em tudo amar e servir”. Teve suas primeiras aulas ministradas no histórico Palácio da Soledade até 1924, enquanto ainda funcionava também como internato exclusivamente para homens. Apenas na década de 1970, passou a aceitar educandas femininas, já no novo endereço na avenida Oliveira Lima, na Soledade. Os interessados podem adquirir camisetas e brindes com o brasão do colégio no Shopping Plaza ou no dia do evento, devendo, para isso, reservar o produto pelo número 3019.8809.

 

Veja também

Jornalista mexicano é assassinado na fronteira com os EUA, o sexto em 2020
Mundo

Jornalista mexicano é assassinado na fronteira com os EUA, o sexto em 2020

Astrônomos detectam planeta errante do porte da Terra vagando pela Via Láctea
Universo

Astrônomos detectam planeta errante do porte da Terra vagando pela Via Láctea