Enem 2019 mobiliza 1.523 PMs em Pernambuco

Policiais atuam no armazenamento e distribuição das provas, além da segurança durante o exame

Coletiva sobre esquema de segurança do Enem 2019 em PernambucoColetiva sobre esquema de segurança do Enem 2019 em Pernambuco - Foto: Márcia Rodrigues/Portal FolhaPE

A Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) preparou esquema especial de segurança para a edição 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que começa neste domingo (3). Os detalhes da operação foram divulgados em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (30), no Quartel do Derby, área central do Recife. Foram mobilizados 1.523 policiais para a operação, dividida em duas fases: a primeira, de recepção e armazenamento das provas numa unidade centralizadora; e a segunda, de distribuição e aplicação das avaliações. A operação tem o objetivo de garantir a inviolabilidade das avaliações e a segurança dos candidatos inscritos.

Leia também:
Cartilha do Participante auxilia estudantes com a redação do Enem 2019
Entenda como são elaboradas as questões do Enem

De acordo com o coordenador de planejamento operacional da PMPE, major Roberto Oliveira, a operação não vai interferir na segurança pública. “Toda a equipe acionada estaria de folga e receberá diária extra pelo trabalho realizado". A verba, de R$ 548 mil -, mesmo valor do ano passado, vem de convênio estadual com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep).  

Neste Enem, foram registradas 275.327 inscrições em Pernambuco, 32.044 a menos do que no ano passado, números que resultaram na diminuição dos locais de prova no Estado - foram 620 na edição 2018 contra 584 deste ano-. Segundo a PMPE, a redução dos locais de prova não refletiram no contingente policial destacado, que continua o mesmo de 2018.

As provas do exame chegaram em cinco remessas, iniciadas no dia 27 de setembro e concluídas no dia 20 de outubro na unidade centralizadora do 7° Depósito de Suprimento (Dsup), no bairro do Cabanga, no Recife, e foram distribuídas, no último dia 21 de outubro, nas unidades da polícia e do Exército dos municípios de Garanhuns e Caruaru, no Agreste; e de Arcoverde e Salgueiro, no Sertão. Em média, oito policiais estão responsáveis por participar desse tipo de escolta.

As avaliações serão enviadas aos 584 locais de prova em Pernambuco a partir das 5h dos dias 3 e 10 de novembro, datas de aplicação do exame. Para essa ação, estão programadas 96 escoltas com dois policiais cada. A partir das 11h dos dias do exame - que começa às 13h30 -, 1.470 policiais estarão divididos em duplas ou trios nos entornos dos locais de provas, para garantir a segurança dos candidatos e a ocorrência do exame sem nenhuma complicação. 
 

Veja também

Lua é mais rica em água do que se imaginava, indica Nasa
ciência

Lua é mais rica em água do que se imaginava, indica Nasa

Entretenimento com animais silvestres traz riscos à saúde, diz ONG
meio ambiente

Entretenimento com animais silvestres traz riscos à saúde, diz ONG