Grande Recife

Energia desviada por mais de 400 apartamentos de Olinda abasteceria 7,3 mil casas em 30 dias

Furto era feito por adulteração de equipamento, segundo a distribuidora

Equipes da Neoenergia passaram oito dias removendo as fraudesEquipes da Neoenergia passaram oito dias removendo as fraudes - Foto: Divulgação/Neoenergia Pernambuco

Uma operação da Neoenergia Pernambuco encerrada nesta quarta-feira (3) identificou desvio de energia em 418 apartamentos de dois residenciais, no bairro de Peixinhos, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

De acordo com a distribuidora, o total de energia recuperada foi de 1.100.000 kWh, o suficiente para abastecer mais de 7,3 mil residências por 30 dias.

Os técnicos passaram oito dias em campo nos habitacionais Peixinhos I e II, localizados na rua Giriquiti. Os residenciais têm 540 apartamentos - ou seja, em 77% deles havia desvio de energia

O furto era feito por adulteração de equipamento. Segundo a Neoenergia, o núcleo de inteligência identificou um possível desvio ao analisar a quantidade de energia que atendia à localidade e o faturamento cobrado aos clientes. 

Na última semana, uma equipe da Neoenergia verificou a existência de um furto generalizado. Todas as ligações irregulares foram retiradas e o consumo das unidades passou a ser totalmente o medido.

“Este foi um dos maiores casos que identificamos nos últimos anos. Foram 418 apartamentos usando energia sem pagar pelo consumido”, afirmou o supervisor de recuperação de energia da Neoenergia Pernambuco, Ícaro Bezerra.

Furto de energia é crime
A Neoenergia Pernambuco reforça que o furto de energia é crime sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro. Além de acarretar prejuízos à população, a prática representa riscos de acidentes graves. 

Em caso de denúncias, os clientes podem entrar em contato pelos canais de atendimento da concessionária, entre eles o teleatendimento (116), o WhatsApp (81 3217-6990) e o site oficial (www.neoenergiapernambuco.com.br) sem a necessidade de identificação.

Veja também

Mulher é assassinada dentro de apartamento em Campo Grande
Feminicídio

Mulher é assassinada dentro de apartamento em Campo Grande

Chile e Bolívia concordam em enfrentar a crise migratória em sua fronteira
América do Sul

Chile e Bolívia concordam em enfrentar a crise migratória em sua fronteira