A-A+

Entidades e agremiações podem solicitar reforço na segurança no Carnaval

O solicitante deverá realizar preenchimento do formulário online até 31 de janeiro, disponível no site da Secretaria de Defesa Social

Secretário Executivo de Defesa Social, Humberto FreireSecretário Executivo de Defesa Social, Humberto Freire - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Representantes de entidades públicas ou privadas e agremiações interessadas no reforço da Segurança Pública para seus eventos carnavalescos terão até o dia 31 de janeiro de 2020 para solicitarem à Secretaria de Defesa Social (SDS). O solicitante deverá realizar preenchimento do formulário online, disponível no site do órgão, no qual constarão todas as informações.

Após esse processo, o organizador receberá um número de protocolo para acompanhar seu pedido no batalhão de área. As informações foram publicadas em portaria no boletim geral da SDS, nesta terça-feira (10), e divulgadas em coletiva de imprensa.

Segundo o secretário executivo da SDS, Humberto Freire, as solicitações devem ser feitas com, no mínimo, 15 dias de antecedência em relação à data do evento. "Dessa vez inovamos com um processo totalmente digital no site da SDS. Não há mais a necessidade de envio de documentos anexado ao e-mail", disse.

A portaria traz definições para classificação dos eventos em relação ao público e ao número de trios elétricos. Assim, as agremiações serão divididas entre as faixas de grande porte (10 a 15 trios elétricos), médio (5 a 9 trios) e pequeno (1 a 4 trios).

Leia também:
Prefeitura do Recife abre edital para o Carnaval 2020
Foliões já enchem ladeiras de Olinda para prévias de Carnaval


Para 2020, a SDS ampliou o horário que os eventos poderão contar com reforço na segurança pública. Durante o Carnaval, entre 21 e 26 de fevereiro, a segurança pública nos eventos pode ser reforçada das 8h às 2h da madrugada.

Já no pré-Carnaval, de 4 de janeiro a 20 de fevereiro, e pós-Carnaval, de 27 de fevereiro a 8 de março, o policiamento pode ser feito das 10h à meia-noite. "Além disso, ainda pode ser feito um requerimento especial para ampliação de horário de forma fundamentada que será analisado pelo GT Carnaval", disse o secretário.

No formulário padrão de requerimento do reforço de segurança pública constarão os seguintes itens obrigatórios de preenchimento: percurso de desfile ou local do evento; quantidade de público previsto e em caso de venda de ingressos o número de ingressos colocados à venda; horário de início e término, dentro dos horários definidos no artigo 3º da presente portaria; quantidade de palcos ou estruturas físicas de apoio; quantidade de trios elétricos, de carros de apoio ou alegóricos e quantidade de postos médicos dedicados ao evento e ambulâncias.

Vistorias
As vistorias realizadas pelo Corpo de Bombeiros deverão ocorrer até um dia antes do evento, contemplando todos os trios elétricos e carros de apoio. O local, data e horário deverão ser previamente agendados, conforme programação dos Centros de Atividades Técnicas (CAT) da Região Metropolitana do Recife e do interior. A análise do projeto de segurança e realização de vistorias de tais estruturas devem ser solicitadas pelo site dos Bombeiros.

Veja também

Preocupação com falta de mão de obra cresce na indústria, diz CNI
CNI

Preocupação com falta de mão de obra cresce na indústria, diz CNI

ONU teme 'crimes hediondos em massa' em Mianmar
Direitos Humanos

ONU teme 'crimes hediondos em massa' em Mianmar