A-A+

Equador se torna terceiro país latino com registro de coronavírus

Paciente chegou ao país no último dia 14, sem apresentar sintomas, e está internada

Ministra da Saúde do Equador, Catalina AndramuñoMinistra da Saúde do Equador, Catalina Andramuño - Foto: Str/Ministério da Saúde do Equador/AFP

O Equador reportou nesse sábado (29) seu primeiro caso de Covid-19, correspondente a uma equatoriana originária de Madri que se encontra em estado crítico, o que levou o país a se tornar o terceiro da América Latina afetado pela epidemia, depois de Brasil e México.

O anúncio foi feito pela ministra da Saúde do país, Catalina Andramuño, em Guayaquil. Ela assinalou que a paciente chegou ao país no último dia 14, sem apresentar sintomas, e está internada.

Leia também:
Ministério da Saúde confirma segundo caso de coronavírus no Brasil
EUA reportam primeira morte no país pelo novo coronavírus

Segundo o presidente do Seguro Social, Paul Granda, a mulher teve contato com parentes antes de ser hospitalizada, motivo pelo qual cerca de 80 pessoas estão sendo acompanhadas de perto por autoridades sanitárias.

Diante da presença do novo coronavírus no Equador, país de 17,4 milhões de habitantes, grandes eventos em Guayaquil, centro comercial do país, e na localidade vizinha de Babahoyo serão suspensos, por medida de precaução.

Veja também

Preocupação com falta de mão de obra cresce na indústria, diz CNI
CNI

Preocupação com falta de mão de obra cresce na indústria, diz CNI

ONU teme 'crimes hediondos em massa' em Mianmar
Direitos Humanos

ONU teme 'crimes hediondos em massa' em Mianmar