Equipe do País na Gymnasiade tem dois pernambucanos

Camilla Miranda, do caratê, e Leonardo Sant'Ana, do judô compõem a seleção que buscará o bicampeonato na Gymnasiade

Camilla Miranda, carateca caruaruenseCamilla Miranda, carateca caruaruense - Foto: Divulgação

 

Pernambuco será representado por dois atletas na Gymnasiade 2018, no Marrocos. Quem estará no Mundial do Esporte Escolar será o judoca recifense Leonardo Sant’Ana e a carateca caruaruense Camilla Medeiros. Os dois chegam à competição com chances claras de pódio. Leonardo vai disputar a categoria +90kg e Camilla, a kumite -59kg. Eles se classificaram através da seletiva nacional para compor a delegação, realizada em março, em São Paulo. 

Camilla entra em ação na manhã desta quinta-feira (3). A partir do momento que o árbitro iniciar o combate, ela vai entrar para a história como a primeira atleta de Caruaru a fazer parte da Seleção Brasileira Escolar. “Estou realizando o grande sonho da vida de qualquer atleta escolar. Defender o Brasil no Marrocos é realmente muito especial. Vou fazer de tudo para chegar ao topo”, afirmou a carateca.

Camilla Medeiros é aluna da família Santana e começou a treinar caratê há cerca de seis anos. Hoje, aos 16 anos, chegou ao ápice. “Todo nosso trabalho está voltado para os Jogos Olímpicos de 2024. Existe todo o planejamento com foco em uma medalha olímpica. Mas claro que no meio do caminho precisamos e lutamos para estarmos presentes em competições importantes como o Mundial Escolar. Só em estar lá já é um grande feito, mas vamos atrás de uma medalha”, disse o técnico da pernambucana, Anderson Santana.

Já Leonardo Sant’Ana começará a lutar somente no final de semana. Com um currículo vasto, que inclui conquistas estaduais, regionais, nacionais e internacionais, o judoca é uma das maiores esperanças de medalhas para o Brasil. A Gymnasiade é a maior competição escolar do mundo. O evento é realizado e executado pela Federação Internacional do Desporto Escolar em parceira com federações e confederações do mundo inteiro. 

Na última edição realizada em Trabzon, na Turquia, em 2016, os brasileiros conquistaram o título do evento pela primeira vez. Naquela ocasião, o País foi destaque também por ter levado a maior delegação entre os países participantes. 

 

Veja também

Holanda anuncia fim de toque de recolher e reabertura parcial de cafés em 28 de abril
Coronavírus

Holanda anuncia fim de toque de recolher e reabertura parcial de cafés em 28 de abril

Público retorna aos estádios de futebol na China
Coronavírus

Público retorna aos estádios de futebol na China